Crônicas da Clínica (UNIVAP) – Pequena (grande) homenagem

12votos

 Segunda-feira de manhã: dia e hora de cantoria na clínica de fisioterapia. Dia frio, chuvoso… mas quem é que desanima? Ao contrário: todos comparecem, e a música começa cedo com a presença da Bia, que mais uma vez surpreende: juntos cantamos “Serra do Luar”, do Walter Franco.

 A música fala de nós, de todos nós:

 

“Viver é afinar um instrumento

 de dentro pra fora, de fora pra dentro

 – a toda hora, a todo momento

 de dentro pra fora, de fora pra dentro…” 

 

 Confirma-se a intuição: as composições de Walter Franco são ótimas para se trabalhar na clínica, com todo seu caráter mântrico (e talvez por isso mesmo).

 Seguimos na toada tranquila até que chega o nosso caçula e chefe de equipe. Primeiro ele convoca a “orquestra BãoCantá” a tocar a música-tema de uma das pacientes e, em seguida, pedindo a viola caipira, anuncia: 

 – Gente, eu queria fazer uma homenagem… vamos cantar “Parabéns a Você”?

 – Ué, podemos… mas quem é que tá fazendo aniversário hoje? 

 E o fiozinho de voz iluminado pelo par de olhos claros responde: 

 – É a minha mãe… e ela não podia vir hoje…

 Cantamos, claro. Ele “namorava” o teclado, mas nos acompanhou na viola.  Sua mãe vai ganhar uma foto deste momento. E o carinho do filho, por toda a eternidade.