Resiste Campinas II – Resistir para transformar: A Rede de cuidado que queremos!

12votos

resiste_campinas_2.jpg

Militantes Antimanicomiais!

O Resiste Campinas foi um evento e movimento realizado em 2013 quando nós, militantes antimanicomiais, fomos surpreendidos por uma série de autoritarismos e um fluxo de inversão no modelo de cuidado nas políticas públicas de saúde mental.

O último ano não foi fácil para trabalhadores, gestores e usuários do SUS Campinas e o Resiste Campinas renasce, em sua segunda edição, com o espírito da resistência para a transformação, pela construção da Rede de Cuidado que Queremos: O SUS em DEFESA DA VIDA!

Não podemos ficar calados, quando nossas vozes se calam diante de autoritarismos e desconstruções, não podemos ficar calados, quando com o discurso do avanço, nós retrocedemos. Vamos nos encher de energia, somos parte de um movimento e construção nacional, não estamos sós nos serviços e nem em Campinas.

Imbuídos deste Espírito, realizaremos na Câmara Municipal de Campinas o Resiste Campinas II, um momento de agregação com militantes antimanicomiais de todo o estado e com figuras políticas importantes para a construção e avanço das políticas públicas de Saúde Mental e Defesa dos Direitos Humanos.

ESTARÃO CONOSCO:
– Rosana Onocko Campos: Coordenadora do Grupo de Pesquisa Interfaces, Professora da Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP e Coordenadora do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde Mental da FCM/ DSC/ UNICAMP;
– Silvio Yasui: Professor da Universidade Estadual Júlio de Mesquita – UNESP de Assis, membro do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo e militante da Luta Antimanicomial;
– Paulo Mariante: militante do movimento Identidade LGBT, Presidente do Conselho Municipal de Direitos Humanos de Campinas e do Conselho Municipal de Saúde de Campinas;
– Silvana Borges: usuária da Saúde Mental, trabalhadora do Ponto de Cultura Maluco Beleza e militante do Movimento Nacional da Luta Antimanicomial;
– Alexandre Machado: usuário da Saúde Mental e membro da Associação Florescendo a Vida de Usuários, Familiares e Amigos da Saúde Mental de Campinas (AFLORE);
– Fábio Beloni: membro da Associação Brasileira de Saúde Mental (ABRASME);
– Geraldo Peixoto: familiar, militante histórico do Movimento Nacional da Luta Antimanicomial;
– Maurício Silva Lima: usuário, militante da Frente Estadual da Luta Antimanicomial de São Paulo;
– Os vereadores Pedro Tourinho, Paulo Búfalo e Carlão do PT.

Contamos com vocês: ESTA REDE DE CUIDADOS É FEITO POR CADA UM NÓS! NOSSAS VOZES SERÃO OUVIDAS!

Comissão Organizadora da Semana da Luta Antimanicomial de Campinas