Manual de Acolhimento e Classificação de Risco em Obstetrícia

16 votos

rede_cegonha.jpg

Texto: Aline Costa

Compartilho mais uma importante publicação da Rede Cegonha.

http://portalsaude.saude.gov.br/images/pdf/2014/maio/29/Manual-de-ACR-em-Obstetricia-versao-26-de-maio–4-.pdf

Trata-se demais uma  iniciativa do Ministério da Saúde, a partir da Rede Cegonha, para apoiar as maternidades e serviços de obstetrícia no Brasil.

A publicação, em fase de editoração,  tem o objetivo de  favorecer a organização das portas de entrada dos serviços de urgência obstétrica, garantindo acesso com qualidade às mulheres no período gravídico puerperal e assim impactar positivamente nos indicadores de morbidade e mortalidade materna e perinatal.

Sua elaboração se deu a partir das experiências de maternidades que vêm implementando o A&CR, e contou com a colaboração de gestores, trabalhadores e especialistas dessas instituições.

O Manual inclui o Protocolo de Classificação de Risco, uma ferramenta de apoio à decisão clínica que tem como propósito a pronta identificação da paciente crítica ou mais grave, permitindo um atendimento rápido e seguro de acordo com o potencial de risco, com base nas evidências científicas existentes. Baseia e orienta uma análise sucinta e sistematizada que possibilita identificar situações que ameaçam a vida, bem como organizar as diversas demandas das usuárias e prover respostas mais adequadas a cada caso.

Espera-se que este manual contribua para abolir a peregrinação de mulheres nos serviços de atenção obstétrica e evitar desfechos desfavoráveis devido à demora no atendimento. Além disso, é instrumento que contribui para o acesso qualificado e o atendimento com resolutividade, em tempo e local adequados.