IFSC Canoinhas Discute Alimentação Saudável no Dia Mundial da Saúde

11 votos

O dia 7 de abril como Dia Mundial da Saúde foi criado em 1984, pela Organização Mundial de Saúde (OMS), com o objetivo de propor temas de conscientização, prevenção e promoção da saúde. Todos os anos, a OMS escolhe um tema como prioridade e foco das campanhas de divulgação. O tema deste ano foi escolhido como forma de alertar e orientar governos e integrantes da cadeia produtiva (agricultores, fabricantes, fornecedores e consumidores) sobre a importância da segurança alimentar, da produção ao consumo.

alimentar.jpg

Com a participação de alunos e professores dos cursos técnicos em Agroecologia e Agroindústria e do curso superior de tecnologia em Alimentos, o Câmpus Canoinhas aproveitou muito bem o tema do Dia Mundial da Saúde deste ano, “Alimentos seguros: do campo até a mesa”, para abordar questões simples de prevenção a doenças e, ao mesmo tempo, divulgar trabalhos realizados pelos cursos na área de segurança alimentar.

Para lembrar a data, os alunos realizaram diversas apresentações nesta terça-feira (7), no hall de entrada. Os alunos do curso técnico em Agroindústria II fizeram uma apresentação, em forma de teatro, sobre os cuidados com a higienização dos alimentos e restaurantes. Já o terceiro módulo realizou uma atividade interativa de “lavagem de mãos”, demonstrando como, muitas vezes, os micro-organismos permanecem mesmo após a lavagem, e uma exposição informativa sobre os cuidados com o armazenamento dos alimentos e a proliferação de fungos e bactérias.

microscopio.jpg

Os módulos I e II de Agroecologia abordaram a importância da produção alimentícia orgânica, segura e sem o uso de agrotóxicos, por meio de uma exposição de caldas e da confecção de murais informativos. Já o curso superior de tecnologia em Alimentos preparou um vídeo sobre as “Cinco Chaves para uma Alimentação Segura”.

5 chaves

A OMS produziu um documento para garantir a segurança alimentar, traduzido para português pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge. São cinco as regras fundamentais para garantir uma alimentação segura e, logo, mais saudável:

1. mantenha a limpeza;
2. separe alimentos crus de alimentos cozidos;
3. cozinhe bem os alimentos;
4. mantenha os alimentos a temperaturas seguras; e
5. utilize água e matérias-primas seguras.

matéria original disponível em: http://www.canoinhas.ifsc.edu.br/index.php/noticias/451-campus-canoinhas-discute-seguranca-alimentar-no-dia-mundial-da-saude