Atenção Primária: Experiência no DF

12 votos

aps_df_unb.jpgA Atenção Básica (ABS) conhecida mundialmente como Atenção Primária à Saúde (APS), é uma estratégia de organização da saúde, voltada para responder de forma regionalizada, contínua e sistematizada à maior parte das necessidades de saúde de uma população, integrando ações preventivas, curativas e até mesmo educativas. É considerada a principal porta de entrada e o primeiro nível de atenção de uma rede hierarquizada e organizada em complexidade crescente.

Porém, no DF no ano de 2014, a cobertura populacional foi de 29,93%. Fonte:SAGE.

Esse dado não me assustou muito, já que na cidade onde moro nunca recebi uma visita de um Agente Comunitário de Saúde, fui saber de Atenção Básica quando comecei a estudar. É lamentável, pois lendo sobre a Atenção Primária, seus objetivos, sua construção, percebo que se fosse implantada efetivamente, muitos problemas existentes hoje na minha região, talvez não existiriam, como as filas enormes em hospitais com casos de paciente desde de uma crise de sinusite à pacientes com traumatismo craniano, surtos de dengue. Desse modo, espero que esse dado de cobertura populacional cresça no DF e que seja fortificado, além do que é muito mais barato prevenir do que tratar.

FONTE: SAGE, Atenção Primária à Saúde. Giovanella Lígia et al: https://drive.google.com/file/d/0B7iEurFBNLlZVXJCanpEa3EwUDg/view, http://www.epsjv.fiocruz.br/dicionario/verbetes/ateprisau.html