MEMÓRIAS DO SUS QUE DÁ CERTO

11votos

img-20150806-wa0032.jpg

MANAUS/AM – Em comemoração aos 25 anos do Sistema Único de Saúde, idosos do Grupo Alegria, do Centro Estadual de Convivência da Família Maria de Miranda Leão, no Alvorada 1, zona Centro-Oeste, realizaram no último mês de agosto várias atividades relacionadas à valorização SUS.

O primeiro encontro aconteceu no dia 03 de agosto, com o tema “Resgatando Memórias do SUS que dá certo” na atividade os idosos puderam contar histórias e lembranças de atendimentos na rede pública de saúde que foram positivas. Além disso, os idosos apresentaram de uma dramatização a trajetória do sistema ao longo de duas décadas e meia.

Dias antes do evento, os participantes levaram pra casa um formulário e contaram em algumas linhas as experiências, foram selecionados 15 relatos, entre eles o da aposentada Maria Cravo, “uma dessas coisas na qual eu agradeço à Deus e ao sistema [SUS], todos os dias, foi algo que me aconteceu a mais ou menos cinco anos atrás, quando eu consegui a cirurgia de catarata, foi muito bem sucedida e enxergo muito bem e muito melhor do que antes, uma idosa igual a mim, muitas das vezes não tem o privilégio de enxergar bem e hoje eu tenho”, contou Maria. “Além de muitas outras passagens que adquiri pelo sistema [SUS], mas esta, ah! Foi uma das mais especiais pra mim” concluiu a aposentada.

Outro relato que chamou a atenção, foi escrito pela dona Clementina de Nazaré, 70 “foi por meio do SUS que consegui fazer minhas cirurgias de joelho (artrose) e de visão. Através dele também consigo os remédios de diabetes e pressão arterial, obrigada SUS!”, disse dona Clementina.

“É importante que as pessoas entendam que o SUS não é só atendimento médico-hospitalar. É legal que saibam sobre a história do Sistema Único de Saúde, e que seja compreendida como de fato precisa ser, o sistema é novo, tem apenas 25 anos e passa por muitas obstáculos, porém as conquistas alcançadas não podem ser esquecidas” ressaltou a psicóloga do CECFMML, Mara Kramer.

Já no dia 31 de agosto de 2015, outra atividade movimentou o CECFMML, um painel com o tema “Memórias do SUS que dá certo” trouxe os participantes um pouco mais a dentro do sistema público. Os idosos puderam ler os relatos que foram produzidos no início do mês. Um roda de conversa sobre o assunto foi aberta, momento de tirar dúvidas e compartilhar ideias. A tarde foi bem animada, teve dança, bingo com prêmios e lanche, mas o que ponto máximo da tarde foi a premiação dos 5 melhores relatos do SUS que dá certo.