TRATAMENTO MEDICAMENTOSO DO CRAVING EM USUÁRIOS DE COCAÍNA/CRACK: REVISÃO INTEGRATIVA

3votos

Simone Regina Carvalho1, Francisco Arnoldo Nunes de Miranda2, Sâmara Sirdênia Duarte de Rosário Belmiro3, Izabella Bezerra de Lima Moura4, Raionara Cristina Araújo Santos5

RESUMO:

Objetivo: analisar o conhecimento sobre o resultado positivo do tratamento medicamentoso para o craving em usuários de crack/cocaína. Método: revisão integrativa com vistas a responder à questão <<Quais estudos usando tratamento medicamentoso evidenciaram efeito positivo no craving em usuários de cocaína/crack? >>. Foi realizada a busca nas bases de dados CINAHL, Scopus, Medline e Cochrane no mês de junho de 2014 empregando o descritor não-indexado “Craving” e os indexados “Crack Cocaine”, “Drug Therapy” e “Treatment Outcome”. Resultados: dos 902 registros recuperados, apenas oito estudos apresentaram esquemas terapêuticos com efeitos positivos para o craving da cocaína. Utilizaram-se nove drogas diferentes. Os medicamentos influenciaram positivamente na diminuição dos níveis de cocaína na urina e do craving, de condutas consideradas antissociais e na criminalidade associada ao abuso do crack/cocaína. Conclusão: os resultados são concordantes com a necessidade de desenvolvimento de novas pesquisas sobre a ação dos fármacos e as intervenções medicamentosas específicas. Descritores: Saúde Mental; Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias; Tratamento Medicamentoso; Cocaína; Crack.