Semana Integradora de Disciplinas mobiliza professores e estudantes do Curso de Medicina, de 22/08 a 01/09 de 2016, com utilização de Metodologias Ativas de Ensino Aprendizagem na UNOESTE

9votos

A Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP) serviu como alicerce para realização das atividades desenvolvidas pelos docentes do Curso de Medicina da UNOESTE na Semana Integradora de Disciplinas, de 22 de Agosto a 01 de Setembro de 2016. Os casos fictícios envolvendo aspectos biopsicossociais foram planejados para desenvolvimento em pequenos grupos de, no máximo 12 estudantes, coordenados por um facilitador. A integralidade, como Princípio do Sistema Único de Saúde direciona os trabalhos, que utilizam Metodologias Ativas de Ensino Aprendizagem na Faculdade de Medicina da Universidade do Oeste Paulista. Os problemas estimulam a pesquisa, discussão e reflexão acerca de situações com peso epidemiológico, com valorização de aspectos sociais e psicológicos, com integração das disciplinas do primeiro ao sexto termos do Curso Médico, na intenção de facilitar a assimilação do estudante e de trazer, para a realidade, o conteúdo teórico, com base na Aprendizagem Significativa do autor David Ausubel. A atividade ocorre a partir de um caso clínico, exposto no primeiro dia da semana. Os estudantes, com a ajuda dos facilitadores, após a busca na biblioteca e em referências científicas atualizadas constroem o novo aprendizado, refletindo sobre a realidade local de Presidente Prudente e região.

Referências:

BRASIL, MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Resolução no 3 de 20 de junho de 2014. v. 2014, p. 1–14, 2014.

CEZAR, P. H. N. et al. Transição paradigmática na educação médica: um olhar construtivista dirigido à aprendizagem baseada em problemas. Revista Brasileira de Educação Médica, v. 34, n. 2, p. 298–303, 2010.

MARIN, M. J. S. et al. Aspectos das fortalezas e fragilidades no uso das metodologias ativas de aprendizagem. Revista Brasileira de Educação Médica, v. 34, n. 1, p. 13–20, 2010.