Estudantes do Curso de Medicina da UNOESTE utilizam Princípios do HumanizaSUS em Visitas Domiciliares na aplicação da Vacina contra gripe em idosos e acamados em Presidente Prudente e Álvares Machado, no interior paulista.

10votos

A Faculdade de Medicina da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) utiliza Metodologias Ativas de Ensino Aprendizagem na formação dos futuros profissionais de Saúde no Curso Médico. O Programa de Aproximação Progressiva à Prática (PAPP) coloca os estudantes do primeiro ao quinto termo em contato com a realidade das comunidades atendidas nas Estratégias Saúde da Família (ESFs) dos municípios de Presidente Prudente e Álvares Machado. Os docentes da UNOESTE trabalham com os eixos: Gestão dos Processos de Trabalho em Saúde, Educação em Saúde e Atenção individual e Coletiva à Saúde. No eixo da Atenção Individual e Coletiva à Saúde, os estudantes do quinto termo do Curso Médico aplicaram e refletiram sobre os Princípios do HumanizaSUS, na última Campaha de Vacinação contra gripe em idosos e acamados nos municípios citados.  Em relação à inseparabilidade entre atenção e gestão dos processos de produção à saúde, as visitas domiciliares (VDs) foram previamente programadas e discutidas na reuniões de equipe das ESFs. Os gestores das Unidades de Saúde e os Agentes Comunitários sugeriram a realização das VDs para os usuários do SUS que apresentavam maior vulnerabilidade, considerando aspectos biopsicossociais e o Princípio da Equidade do Sistema Único de Saúde. A reflexão relacionada à incorporação da humanização ocorreu na construção dos planos de ação, coordenada pelos docentes, considerando práticas interdependentes e complementares. Em relação à transversalidade os estudantes entenderam que suas práticas atravessaram diferentes ações e instâncias. Aumentaram a comunicação entre a Academia (UNOESTE) e Secretarias Municipais de Saúde de Presidente Prudente, SP e Álvares Machado, SP, ampliando a grupalidade, implicando em mudanças nas práticas de saúde. Em relação a Autonomia e protagonismo dos sujeitos, a programação das Visitas aos acamados e idosos para aplicação das vacinas oportunizou a co-responsabilização entre gestores, usuários e o convite para os familiares dos acamados e idosos para participar de Reuniões Mensais com a Comunidade, na ESF, possibilitou reflexões relacionadas à participação coletiva nos processos de gestão. Estudantes, docentes e a comunidade avaliaram como produtiva a ação das Visitas Domiciliares para acamados e idosos nas comunidades citadas. 

Referências:

Princípios do HumanizaSUS. Disponível em: http://www.saude.mg.gov.br/component/gmg/page/369-principios-do-humanizasus-sesmg, consulta em 01 05 2017, às 17h 18min.