uma flecha que atravessa o tempo

7votos

A antipsiquiatria foi um movimento iniciado por psiquiatras ingleses nos anos sessenta e se renova hoje ao se aproximar de concepções atuais.

Muitos dos sujeitos com os quais nos deparamos hoje na clínica psi trazem para a cena princípios caros às formulações antipsiquiátricas, como ousar se perguntar sobre suas vivências, buscando caminhos próprios. Trata-se de pessoas que, mesmo diante da crise, não se submetem às verdades que a psiquiatria e a sociedade insistem em universalizar. Insistem, obstinadamente, em jamais reconhecer sua experiência como doença.

O movimento antipsiquiátrico nasce como uma resistência ao monólogo da razão sobre a loucura. Quer se aproximar da própria experiência sobre a loucura, acolhendo-a e interrogando-a em sua lógica.