7ª Turma do Curso de Extensão em Saúde Coletiva sobre Atenção Integral à Saúde de Pessoas com Doença Falciforme – Educação à Distância (EAD)

5votos
Bom dia à todas e todos profissionais e gestores
 
Me 

​apresento,

 
Sou Altair Lira 
Faço parte da 

​Coordenação Pedagógica do ​

Curso de Extensão em Saúde Coletiva sobre Atenção Integral à Saúde de Pessoas com Doença Falciforme na modalidade de Educação à Distância (EAD).

 
​Este curso se apresenta como importante ferramenta na capacitação/formação de profissionais de saúde e gestores com vistas à promoção da assistência à saúde das pessoas com doença falciforme. e é ofertado pelo Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia para todo o Brasil, numa parceria com a FENAFAL – Federação Nacional das Associações de Pessoas com Doenças Falciformes e apoio do Ministério da Saúde/ Coordenação Geral de Sangue e Hemoderivados/ Politica nacional de Atenção Integral às Pessoas com Doença Falciforme.
 
​Gostaríamos de poder contar com vosso apoio na divulgação do curso, mobilização dos profissionais e auxilio na inscrição dos  mesmos.
 
Lembrando que as inscrições vão até 30 de Junho de 2017.

 

Abaixo

​​

, seguem maiores informações sobre o curso e

​ em anexo estão peça de divulgação e edital.

 

Ajudem a divulgar. Se inscrevam. Fortalecer o SUS ampliando nossos conhecimentos.

 

Agradecemos muito e estamos à disposição
 
Altair Lira
 
 

Curso de Extensão em Saúde Coletiva sobre Atenção Integral à Saúde de Pessoas com Doença Falciforme na modalidade de Educação à Distância (EAD)

A Doença Falciforme é a doença hereditária mais comum no Brasil com média de 1 a cada 1.000 nascidos vivos/ano. É mais comum na população negra e pode apresentar impacto significativo na vida das pessoas com a doença e sua família. A doença pode levar a anemia crônica, quadros graves de infecção, crises intensas de dor, acidente vascular cerebral e até complicações cardiopulmonares, ósseas e renais, dentre outras complicações.

É sabido que tanto o diagnóstico precoce, quanto o cuidado adequado com equipe de saúde e a informação compartilhada e trabalhada com a família são pontos fundamentais para evitar tais complicações e ser um instrumento de intervenção adequado caso elas se apresentem, reduzindo a morbimortalidade e potencializando a qualidade de vida.

Neste sentido pensar a relação entre atenção integral à saúde das pessoas com doença falciforme e a própria doença, vai além do conhecimento sobre a fisiopatologia da mesma, requerendo dos profissionais e dos diversos níveis de atenção e gestão em saúde, a compreensão tanto da história social da doença, como do processo de invisibilidade histórica sobre ela na formação dos profissionais de saúde e o quanto isso colaborou para o estágio atual na atenção às pessoas com a doença, tratando-as como sujeitos históricos, sociais e políticos, articulados ao seu contexto familiar, ao território de saúde e à sociedade na qual se inserem.

Para intervir neste complexo quadro faz-se necessária a articulação entre gestão/serviço, universidade e movimento social, agregando diferentes olhares. O Curso de Extensão Atenção Integral & Doença Falciforme aqui apresentado é um exemplo desta articulação de olhares, saberes e vivências, sendo uma construção coletiva com um objetivo comum: contribuir para a formação de profissionais cada vez mais comprometidos com princípios do SUS e implicados no cuidado integral às pessoas com doença falciforme.

Também se espera com este curso:

– Oferecer subsídios aos profissionais e gestores da saúde para o desenvolvimento de ações de promoção e prevenção de agravos voltados às pessoas com Doença Falciforme e seus familiares, no âmbito da rede de atenção básica.

– Contribuir na formulação de políticas e ações que propiciem a  inclusão das pessoas com Doença Falciforme na rede de atenção básica conforme indica o documento “Doença Falciforme: Diretrizes Básicas da Linha de Cuidado” de 2015.

– Fomentar o amplo conhecimento sobre a doença falciforme, seus sinais, sintomas e agravos e também as medidas de cuidado e assistência, ampliando o conhecimento publico e profissional sobre esta doença.

Este Curso será oferecido na modalidade de Educação a Distância (EAD), com carga horária de 68 horas distribuídas ao longo de dois meses. Os cursistas serão acompanhados por tutores que farão a mediação do processo de aprendizagem durante toda a jornada. A certificação será fornecida aos participantes que apresentarem a frequência mínima estabelecida bem como desempenho satisfatório nos fóruns e atividades propostas.

Prioritariamente as vagas estarão disponibilizadas para profissionais de nível superior que atuam na Atenção Básica, seja na gestão ou na assistência, nas diferentes regiões do Brasil. Pode-se observar a disponibilidade de vagas para profissionais e gestores de outros níveis de atenção.

As orientações sobre o curso serão disponibilizadas periodicamente através de editais nos sítios: http://www.net-escola.ufba.br e/ou www.isc.ufba.br

Serão disponibilizadas em média 300 (trezentas) vagas para cada turma, sendo que está planejada a oferta de seis turmas.

Com sua participação esperamos cada vez mais reforçar o nosso SUS tornando mais equânime, integral e resolutivo.

Atenciosamente,

Equipe de Coordenação do Curso


 

— 

Altair Lira

Coordenação Pedagógica Curso EAD/DF

 

Mestre em Saúde Coletiva ISC/UFBA

Bacharel em Antropologia da Saúde FFCH/UFBA

(71) 99159-9089 (Tim – WhatsApp e Telegram)
(71) 98860-9612 (Oi)