I CONGRESSO DE PESQUISADORES/AS NEGROS/AS DO NORDESTE – COPENOR

8votos

https://www.icopenor2017.com.br/

O I CONGRESSO DE PESQUISADORES/AS NEGROS/AS DO NORDESTE – COPENOR está sendo organizado por meio de parceria entre a UFMA (Centro de Ciências Humanas/Colegiado da Licenciatura Interdisciplinar em Estudos Africanos e Afro-brasileiros/NEAB/PPGCSOC), o Instituto Federal do Maranhão (IFMA/Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indiodescente/NEABI), a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e a Associação Brasileira de Pesquisadores Negros (ABPN).  Com o tema “PRESENÇA NEGRA NO NORDESTE PARA ALÉM DOS TAMBORES: SABERES CULTURAIS E PRODUÇÃO DE CONHECIMENTO”, o I COPENOR pretende ser um espaço significativo de debates, reflexões e proposições em torno da produção intelectual sobre a temática étnico-racial. Tendo como pressuposto, que a diáspora africana é um campo fértil para a compreensão das especificidades étnico-raciais e dos saberes culturais no nordeste brasileiro, bem como da tipologia de relações étnico-raciais no Brasil, constituindo-se um campo importante de reflexões para os NEABS, NEABIS e para as Ciências Humanas e Sociais.

Assim, o evento contará com a presença de importantes pesquisadores (as) sediados (as) nos núcleos de estudos afro-brasileiros e indígenas das diversas instituições de ensino superior, dos institutos federais e demais centros de pesquisas, dos nove estados que compõem a Região Nordeste, estimulando ainda a participação de estudantes dos cursos de graduação, professores (as) da educação básica e, integrantes de organizações da sociedade civil. Esperamos contar ainda, com a participação de pesquisadores e pesquisadoras das áreas das Ciências Exatas, Ciências da Natureza e Tecnológicas.

Nosso objetivo é propiciar a socialização, em uma perspectiva interdisciplinar, dos saberes tradicionais e da produção de conhecimento, por meio do diálogo crítico entre intelectuais e representantes de grupos tradicionais, no sentido de produzir reflexões que enfoquem a cultura nordestina para além dos aspectos lúdicos, considerando sua pluralidade de expressões, bem como seus produtores originais como protagonistas na construção do vasto repertório sociocultural brasileiro.

O evento visa também, consolidar a articulação entre os (as) pesquisadores(as) do Consórcio Nacional dos Núcleos de Estudos Afro-Brasileiros (CONNEABS) estimulando a produção de pesquisas conjuntas entre os(as) investigadores(as) da região nordeste. A exemplo de iniciativas já tomadas em outros eventos, empenharemos esforços para mobilizar profissionais da educação básica, professores(as) e estudantes, por meio de parcerias com as secretarias de estado de educação  no entendimento de que o saber científico e a erudição não são premissas exclusivas das universidades e institutos de pesquisas, dessa forma, também pretendemos ampliar o diálogo com os movimentos sociais, as representações quilombolas e das religiões de matrizes africanas e comunidades mantenedoras de saberes tradicionais, em reconhecimento e valorização de suas contribuições históricas à cultura nacional.

É importante destacar que haverá um espaço destinado para a participação de crianças (COPENINHO), com a realização de oficinas e atividades lúdicas, tendo como principal objetivo fornecer um ambiente de acolhimento para filhos e filhas dos(as) participantes, onde estes(as) possam se sentir incluídos(as) no processo, permitindo – em especial, para as mães jovens – a condição de participação plena nas atividades do congresso.

Por fim, no evento haverá Conferências (abertura e encerramento), Mesas Redondas, Comunicações(Grupos de trabalho), Sessões de Pôsteres, Oficinas, Minicursos, lançamento de livros e momentos de interação cultural dando ênfase às produções da riquíssima cultura afro-nordestina.