O SUS EM FOCO NAS SÉRIES TELEVISIVAS: Unidade Básica e Sob Pressão

9votos

 

 

 

Oi, pessoal, tudo bom? 

Faz tempo que eu não escrevo nada por aqui, né? 

Confesso que gostaria de ter tempo para escrever (ou talvez me organizar) e dedicar alguma contribuição para a RedeHumanizaSUS, produzindo alguns diálogos e reflexões sobre o cotidiano do nosso SUS e dos acontecimentos que estamos passando e que exigem grande plasticidade psíquica.  

Acho que o motivo deste post tem a ver com isso…

No dia 24 de agosto às 18h no Auditório Paula Souza da Faculdade de Saúde Pública da USP (Av. Dr. Arnaldo, 715 – Cerqueira César, São Paulo – SP, 03178-200) vai rolar um debate sobre o SUS na TV. Uma discussão para compreender os diferentes mundos que as séries Unidade Básica e Sob Pressão evocam para si e para os outros. Ou seja, o lugar de produção da Unidade Básica ajuda a estabelecer relações e movimentos de defesa para o SUS? Há alguma coisa que faz despertar a curiosidade sobre o que é mesmo esse sistema único de saúde que nós tanto defendemos? Será que a população que usa o SUS consegue se enxergar nos episódios? Ou, como aproximar as pessoas que não usam o SUS para o ambiente televisivo e o ambiente do “mundo real? 

Se a Unidade Básica vem de um território “leve”, dos dispositivos de produção do cuidado que a Atenção Básica tem fabricado com as equipes de saúde da familia e o trabalho multiprofissional. Qual, seria, então, o território-Sob-Pressão? Há jeitos de produzir narrativas em defesa do hospital público? Como estamos produzindo? Uma série que retrata esse tipo de cotidiano pode ajudar ou não? 

Acredito que o debate sobre as séries Unidade Básica e o Sob Pressão podem trazer elementos muito interessantes sobre o mundo da comunicação, da saúde e da TV para o SUS. Talvez, a criação de outros mundos sobre os modos de fazer comunicação&saúde nas diferentes  realidades sociais que os serviços de saúde estão inseridos na busca de uma “grande saúde” ou de um “grande SUS”. 

Então, fica o convite para todos/as participar do debate, será transmitido ao vivo pela Rádio WebSaúde USP e pela Sala de Eventos da RHS (http://www.redehumanizasus.net/sala-de-eventos).

Nos vemos lá!!! 

 

 

AQUI O VÍDEO COMPLETO DO ENCONTRO: