A atuação da Psicologia no SUS

6votos

Meu nome é Luana Ramos dos Santos, sou estudante do 10° semestre do curso de Psicologia do Centro Universitário FADERGS, de Porto Alegre. Escrevo este post para, a partir das trocas deste coletivo, saber um pouco mais sobre a atuação da psicologia no SUS. Esta troca faz parte de uma pesquisa que estou realizando, em parceria com meu colega Lucas Quadros, para a escrita de nosso TCC que tem como objetivo refletir sobre as perspectivas e os impasses da psicologia no SUS.

A escolha do tema para o trabalho partiu de nossas vivencias no estágio de psicologia clínica na Santa Casa da Misericórdia de Porto Alegre, que nos fez refletir sobre a inserção do psicólogo no Sistema único de Saúde (SUS). Além disso, tive uma importante experiência de estágio em um Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), localizado na Lomba do Pinheiro de Porto Alegre, onde trabalhávamos com a integração da rede de saúde, assistência social e educação.

Para o TCC realizamos uma revisão narrativa da literatura, porém encontramos poucos artigos que abordam, especificamente, intervenções de psicólogos no SUS.

A maioria dos artigos encontrados são sobre as questões da formação acadêmica, bem como o preparo para a atuação nas políticas públicas.

Após esta pesquisa em artigos publicados, realizamos uma pesquisa aqui na RHS buscando relatos de práticas. Nesta pesquisa,identificamos os seguintes posts:

Livro “Psicologia e Saúde Coletiva”, Magda do Canto Zurba (org.).

Em que se autoriza o psicólogo em saúde mental pública?

http://www.redehumanizasus.net/63022-franklin-de-oliveira-lima

RESSENTIMENTO E RESIGNAÇÃO NO TRABALHO EM SAÚDE MENTAL PÚBLICA: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA EM CAPS II

Ato Médico??? Por que médico???

ATENDIMENTO PSICOLÓGICO Á LUZ DA HUMANIZAÇÃO

Humanização e Grupos de Acolhimento

Porém, gostaríamos de conhecer um pouco mais sobre a atuação da psicologia na saúde pública.

Gostaríamos de saber por parte dos psicólogos que atuam no SUS,

– quais são as suas práticas de trabalho?

– o que favorece seu trabalho?

– o que dificulta?

Desde já, agradecemos a atenção e nos colocamos a disposição para qualquer esclarecimento!

(Esta pesquisa está sendo orientada pelapro fessora Lílian Weber, que já realizou estudos aqui na RHS: http://redehumanizasus.net/13032-produzirnos-ponto-com/)