a filosofia como modo de vida

9votos

O Café Filosófico deste mês trouxe a antropóloga Margareth Rago para falar sobre Foucault e a filosofia como modo de vida. Foi uma conversa de rara beleza pela grande admiração da professora pela obra do filósofo.

Os comentários e perguntas no final da apresentação a levaram a trazer contribuições nem sempre presentes em conversações deste tipo. Como por exemplo o estudo que Foucault fez sobre os cínicos.

O cuidado de si, a questão do fascismo nosso de cada dia, a coragem da verdade, a transfiguração do mundo, a transformação de nossa relação conosco e com o mundo ganharam luz nesta fala de uma de nossas mais preciosas pensadoras contemporâneas.

Vale conferir!

 

Veja também outra conversa prá lá de gostosa em: