CAPS ou Hospital Psiquiátrico, qual melhor escolha?

10votos

No CAPS- Centro de Atenção Psicossocial, sua função é  prestar atendimento às pessoas com grave sofrimento psíquico, diminuindo e evitando internações psiquiátricas, e articular-se com a rede de serviços da comunidade favorecendo a reinserção delas a este espaço. Uma evolução positiva em assistência à saúde mental depois da reforma psiquiátrica. Um olhar, um cuidado diferenciado às pessoas com transtornos mentais de modo que possam ser aceitas no convívio familiar e social, bem como o apoio e orientações aos familares na melhor maneira de conduzir sem sofrimentos. No CAPS, o usuário, de acordo com o projeto terapêutico pode passar o dia, parte do dia na unidade ou ouvir só uma consulta, diferente de um Hospital Psiquiátrico, que fica internado recebendo tratamento clínico, pois no CAPS há equipe multiprofissional, composta por psicólogos, psiquiatras, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, técnicos administrativos, oferecendo diversas atividades terapêuticas como psicoterapia individual ou grupal, oficinas terapêuticas, acompanhamento psiquiátrico, visitas domiciliares, atividades de orientação e inclusão das famílias e atividades comunitárias. Como serviços de saúde mental, atendem pessoas com transtornos mentais severos e persistentes, como psicoses e neuroses graves, buscando amenizar e tratar as crises para que estas pessoas possam recuperar sua autonomia e se reinserir nas atividades cotidianas. Por possibilitar que seus usuários voltem para casa todos os dias, os CAPS evitam a quebra nos laços familiares e sociais, fator muito comum em internações de longa duração, os hospitais Psiquiátricos. Ao passo que as pessoas vão tendo informações, apoio sobre como procurar ajuda em casos de sofrimento psíquico, gradativamente diminuirá as internações em Hospitais Psiquiátricos e um novo olhar vai se implantando sem preconceitos e medo de acolher as pessoas com doenças mentais, sem excluí-las de seu meio familiar e social.