Categoria » Publicações

REDES DE ATENÇÃO; uma prática necessária.

O Sistema Único de Saúde é uma concepção vitoriosa, cuja implantação nas duas décadas passadas exigiu sério compromisso dos gestores, trabalhadores e usuários do SUS. O progresso notável até aqui alcançado, todavia, permanece a nos lembrar do que ainda temos por fazer. Um desses grandes desafios são as redes integrais de atenção em saúde com […]

REGULAÇÃO; um sistema em formatação?

A Constituição de 1988 criou o Sistema Único de Saúde – SUS. “A saúde é direito de todos e dever do Estado”. A atividade de Regulação da Atenção à Saúde, explicitada nas diretrizes de Universalidade, Integralidade e Equidade da Atenção, consiste em uma organização de estruturas, tecnologias e ações dirigidas aos prestadores – públicos e […]

APOIO MATRICIAL e INSTITUCIONAL; analisando suas construções.

O Apoio Matricial é metodologia de trabalho, um conjunto de conceitos sobre o “como fazer” o trabalho interprofissional, tanto em equipes quanto em redes de atenção à saúde (exercício da função apoio), em cogestão, de maneira compartilhada. A metodologia do Apoio Matricial começou a ser utilizada no SUS/Campinas nos primeiros anos da década de noventa […]

COGESTÃO, um sonho de muitos, realidade de poucos?

Colegiados Gestores de Hospital, de Distritos Sanitários e Secretarias de Saúde – Compostos por coordenadores de áreas/setores, gerentes (dos diferentes níveis da aten- ção), secretário de saúde, diretores e, no caso do hospital, todos os coordenadores das unidades de produção. Dentre outras, tem como atribuições: elaborar o Projeto Diretor do Distrito/Secretaria/Hospital; constituir-se como espaço de […]

ATENÇÃO ESPECIALIZADA; como aplicar o conceito?

Os limites entre a atenção especializada e a atenção básica, entretanto, não são precisos, mesmo porque a abrangência da atenção básica depende de definições políticas, adotadas em função das circunstâncias sociais e econômicas conjunturais. A circunscrição das áreas de responsabilidade de uma e de outra se dá, atualmente, de forma muito heterogênea, determinada por diferentes lógicas. A […]

Ouvidoria do SUS: uma ferramenta para a participação social

  A ouvidoria do SUS é um espaço para demacratização, lá o usuário pode fazer uma Denúncia; Reclamação; Solicitação; Pergunta; Elogio ou Sugestão. Desta forma a Secretaria do Estado de Saúde pode analizar as informações e dar uma resposta ao usuário, além disso consegue usar essas informações para melhorar a qualidade do serviço prestado. A […]

Feedback Rede HumanizaSUS

    Queria compartilhar com vocês a experiência de ter tido a oportunidade ao longo do semestre de conhecer e de me conectar a estar rede. Inicialmente fiquei meio acanhada de poder me expressar em uma rede acessada por diversas pessoas das mais variadas localidades, tal sentimento foi logo quebrado com a recepção calorosa de […]

Acolhimento não protocolizado

Sem sombra de dúvidas, inserir padrões para garantir práticas acolhedoras e expandir a cultura de humanização no serviço, é um avanço. Em várias publicações vimos a importância das ações acolhedoras em todos os níveis de atenção, e que existe evidências que mostram que tais práticas aumentam o nível de resolutividade da demanda do usuário.   […]

População idosa e o seu direito acesso à saúde

A população brasileira têm aumentado a sua longevidade, os brasileiros com mais de 60 anos representam 8,6% da população. Esta proporção chegará a 14% em 2025 (32 milhões de idosos), isso é bom, pois significa que as condições de saúde, trabalho, moradia, lazer e outros estão melhorando e estão mais acessíveis. Vocês sabiam que dia […]

URGÊNCIA ≠ EMERGÊNCIA

          A Resolução nº 1.451/95 define URGÊNCIA como “a ocorrência imprevista de agravo à saúde com ou sem risco potencial de vida, cujo portador necessita de assistência médica imediata”. E EMERGÊNCIA como “a constatação médica de condições de agravo à saúde que impliquem em risco iminente de vida ou sofrimento intenso, […]