Continuando a conversa sobre saberes na Saúde…

10votos

Em seu post O Audiovisual como ferramenta para educação em saúde: abordagens e reflexões, Eric Figueiredo nos convida a pensar como estamos buscando educação em saúde ?

O Audiovisual como ferramenta para educação em saúde: abordagens e reflexões

Nesta conversa ele nos traz à toma importante fala de Paulo Freire que nos provoca ainda mais a seguir por este caminho das reflexões:

“Ninguém ignora tudo. Ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa. Todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre.”

Isto me fez buscar mais sobre este tema e, por sugestão do próprio Eric, encontrei um vídeo em forma de animação de cordel muito interessante que gostaria de compartilhar por aqui também:

Este me fez lembrar de uma publicação da PNH também em estilo de Cordel que pode nos ajudar a pensar em outras formas possíveis de comunicar as questões que envolvem a saúde:

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cartilha_saude_trabalho.pdf 

Estes naõ são só modos mais ludicos e criativos de colocar temas em discussão ou leutura, mas também buscam mostrar que nem sempre a educação em saúde pode atingir seus objetivos uma vez que se distancia dos saberes e cultura já existentes e se pretende como verdade absoluta, anulando o saber do outro.

Por isso cada vez mais a roda de conversa mostra se este método inclusivo e democrático para a educação em saúde.

Seguimos na conversa? Quem pode colaborar?

ABRASUS

Patrícia