“CONVERSANDO SOBRE DIREITOS DOS USUÁRIOS À SAÚDE”

6votos

Trabalho realizado na disciplina Humanização da Saúde, do Mestrado Profissional de Ensino na Saúde, da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Alagoas (MPES-FAMED-UFAL).

AUTORIA:

Maria de Fátima Conrado Alves – Enfermeira e discente da disciplina de Humanização da Saúde do Mestrado Profissional em Ensino na Saúde da FAMED/UFAL.  Trabalha na UTI adulto do Hospital Universitário Professor Alberto Antunes (HUPAA-AL)

Isabelle Cristina de Oliveira Vieira– Cirurgiã-Dentista e discente da disciplina de Humanização da Saúde do Mestrado Profissional em Ensino na Saúde da FAMED/UFAL. Trabalha na Vigilância Sanitária de Maceió e é Preceptora da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (UNCISAL).

Sérgio Seiji Aragaki (coord.) – MPES-FAMED-UFAL

Cristina Camelo de Azevedo (coord.) – MPES-FAMED-UFAL                                                                                                

O trabalho foi realizado no dia 13/07/2018 pelos discentes supracitados na aula da disciplina “Humanização da saúde”, onde foi, inicialmente, apresentado à turma a metodologia que iria ser trabalhada durante a apresentação: TBL (método ativo de aprendizado, em que o aluno é protagonista da construção do conhecimento). Primeiro, cada mestrando recebeu o material didático para estudo antes da aula, onde foi encaminhado via email de cada um, a cartilha dos direitos dos usuários. No dia, começamos com uma avaliação individual, contendo cinco questões fechadas, onde o participante fez sua auto-avaliação da compreensão do assunto, etapa que durou 10 minutos. Em seguida, foi montado dois grupos e a prova foi refeita, no tempo de 15 minutos. Nessa etapa, há argumentações entre os alunos, para chegar à uma conclusão comum, que todos os membros concordem ser a resposta correta. Depois, colocamos um breve vídeo sobre o tema e abrimos um momento para discursão, que durou cerca de 30 minutos, apenas para ter certeza que todos os participantes tenham ficado no mesmo nível de entendimento. No final, podemos refletir como é de fundamental importância nos aprofundarmos no tema abordado¸a fim de compartilhar saberes, orientar e respeitar os direitos dos usuários.