Crise da saúde no Rio de Janeiro

11votos

Olá,

Sou usuária do SUS registrada na ESF do CAP 3.1 no Rio de Janeiro, RJ. Venho aqui chamar atenção para a crise da saúde no município do Rio de Janeiro e o sucateamento da atenção básica, e para compartilhar minha experiência. Mesmo frente a situação gravíssima no município, com falta de materiais básicos para funcionamento, pagamentos atrasados, etc., hoje levei o meu filho com suspeita de zika para nossa clínica da família (que está em greve) e fomos recebido com todo o carinho, atenção e dedicação que eles sempre tem nos mostrado. Ao contrário do atendimento que temos recebido em outros lugares, as equipes sempre demonstram paciência para esclarecer dúvidas, tocam no meu filho na realização do exame físico (acreditem ou não, mas isso é raridade), explicam os diagnósticos e tratamentos de forma didática, e servem como um exemplo de atendimento humanizado. Não posso imaginar como ficaria a minha família e comunidade sem a Saúde da Família.

Obrigada para todos os profissionais da ESF. Sua dedicação não vai despercebida e nós, usuários, estamos ao seu lado na luta para a preservação do SUS!

Nenhum serviço de saúde a menos
SOS Saúde no Rio de Janeiro