CUIDAR E SER CUIDADO

11votos

Sou acadêmica de psicologia, na FISMA.
Li um tema sobre um dos livros do humanizasus volume 1, que fala sobre o Trabalhador da saúde: Gente cuidando de gente, e vou falar sobre o que compreendi a partir do texto.

 

 

O presente tema ele vem a falar sobre o trabalhador do SUS que não é apenas um simples trabalhador é mais que isso,  não esta ali somente para cuidar mas também ser cuidado, porque a sua demanda é muito grande e devido a tantas coisas que acontece em seu local de trabalho  muitas vezes não poder contar com seus colegas e não tem olhar de reconhecimento dos usuários  que acaba sendo desvalorizado , e suprindo para si pensamentos e ações que são desconfortáveis e acaba afetando a sua vida psicológica e profissional.
É preciso no seu trabalho ter uma boa relação com seus pacientes e com seus colegas de trabalho pois isto ajudara em um SUS melhor, porque quem está doente desamparado precisa saber que não esta só ali, que tem uma equipe disposta a ajudar em seu problema esse aproximamento da equipe faz com que o sistema funcione melhor.
As demandas são  grandes e os profissionais da saúde precisam poder falar entre si saber ouvir e ser ouvido para que assim possa respeitar e também aprender com as suas diferenças e que assim eles possam ensinar e aprender uns com os outros, o que acontece é que muitas vezes há muitas atividades a serem feitas em pouco tempo. Não se tem um olhar de investimento nesta equipe e nenhum reconhecimento e a caba que eles não se comunicam tanto para terem apoio um dos outros, é preciso investir mais nisso. Por que é importante a união de uma equipe? porque é eles que vão se comunicar com as pessoas,  como uma pessoa que não é ouvida, cuidada, muito menos tem o seu devido reconhecimento tentar cuida de outra pessoa, quando se tem essa união o reconhecimento é possível então dar um suporte melhor para o paciente que chega até a sua localidade. O profissional não esta mais sozinho e consegue lidar com as demandas que vão chegar, é esse fortalecimento da equipe que vai possibilitar um melhor atendimento e um rendimento maior.
É uma responsabilidade  muito grande quando se assume o papel de cuidar do outro, porque a cada paciente o profissional se transforma com o que vê, não é papel fácil lidar com pessoas que estão frágeis, quando o entendido estabelece uma aproximação com seu paciente e equipe ele passa a entender melhor o que está acontecendo e assim o adoecido deposita uma confiança no especialista que também facilitara um atendimento de qualidade, uma equipe unida representa uma equipe segura que sabe o que está fazendo.
Espero que tenha sido de fácil entendimento e todos entendam que: NÃO É SOBRE SÓ CUIDAR É SER CUIDADO, RESPEITAR E SER RESPEITADO, FALAR E SER OUVIDO, AJUDAR E QUANDO NECESSITAR SER AJUDADO. O que acontece é que a comunicação é essencial e sem ela não há concordância não se tem aprendizado nem sabedoria, a comunicação vai além de um simples oi, é saber perguntar quando se há duvidas isso disponibiliza um conhecimento e uma chance menor de um erro. Perguntar, precisar de ajuda e ter medo não são sinais de fraquezas. Não é sobre querer ser melhor que outro mas aprender junto com o outro ter uma boa relação com o mesmo e saber aceitar o diferente.