DIA MUNDIAL DA PREMATURIDADE NA UTI NEONATAL DO HRS

8votos

Dia 17 de novembro é o Dia Mundial da Prematuridade. Não é uma data para ser comemorada, afinal, ninguém deveria nascer antes da hora. Sabemos o quanto é dura a luta dos pequenos bebês que nascem prematuramente. Sabemos às dificuldades e riscos a que estão sujeitos para completar, de modo artificial, o que naturalmente não foi possível por alguma razão específica.

Portanto, esta data é dedicada à reflexão e à conscientização acerca das causas evitáveis de parto prematuro, bem como da importância do pré-natal de qualidade e da estrutura disponível para tratar desses bebês nos sistemas de saúde. Quanto mais prematuro, maior a necessidade de aporte tecnológico, medicamentoso e de equipes de assistência qualificadas, competentes e comprometidas com a sobrevida e com a qualidade de vida futura dessas crianças e de suas famílias.

Como maneira de atentar para tais questões, a equipe da UTI Neonatal do Hospital Regional do Sudoeste (HRS), de Francisco Beltrão-PR celebrou o Dia da Prematuridade decorando o hall de entrada da unidade, com artefatos produzidos pelas mães dos bebês a partir de técnicas de artesanato, desenvolvidas nos encontros que são realizados semanalmente com as mesmas. Nos encontros promovidos pela enfermeira responsável pela UTI Neonatal e pela psicóloga do setor, com o eventual apoio de voluntários, as mães se reúnem para realizar alguma atividade manual. Trata-se de um momento de descontração, troca de experiências, esclarecimento de dúvidas e apoio mútuo. O artigos criados por elas são utilizados na decoração da entrada da unidade em datas comemorativas como Natal, Ano Novo, Carnaval, Páscoa, Dia das Mães, dos Pais, Dia das Crianças e Mês da Prematuridade. De modo geral, as mães participantes desses momentos se sentem acolhidas e valorizadas no processo de tratamento dos filhos, uma vez que sua presença familiar e, sobretudo materna, é intensamente estimulada pela equipe por produzir um efeito afetivo muito terapêutico nos bebês.

Além disso, no dia 17, a equipe preparou um porta-retrato com o pezinho de cada bebê carimbado e um cupcake roxo (cor que simboliza a prematuridade) e entregou aos pais após o boletim médico da tarde. Numa breve reflexão, oportunizamos sensibiliza-los para a importância da data, mundialmente reconhecida como o dia dedicado a esses pequenos grandes guerreiros que muito nos ensinam sobre coragem, força e amor.

Ainda em alusão ao Mês da Prematuridade, no próximo dia 22 de novembro será promovido o “IV Encontro Multidisciplinar da UTI Neonatal”, voltado para profissionais e estudantes da área da saúde. Com a temática “Incidentes e eventos adversos em UTI Neonatal” a equipe da unidade, única numa regional de saúde de 27 municípios, visa alertar sobre a necessidade de evitar ou reduzir o máximo possível esses incidentes e eventos, tendo em vista o desenvolvimento global da criança. Tais compromissos devem nortear o trabalho das equipes de saúde, desde o pré-natal até a assistência neonatal, permeando todas as instâncias de atenção.

Dia da Prematuridade: data para refletir, para reafirmar nossa responsabilidade enquanto profissionais e também dia de celebrar a vida desses pequeninos que aprendem, desde muito cedo, a lutar pela vida. Às duras e lindas trajetórias de vida marcadas pela prematuridade, o nosso mais profundo respeito, carinho e admiração!