Direto do Show de Talentos do SUS para as ESF’s…

9votos

Muitas vezes buscamos fazer os grupos e encontros com tanta sofisticação, buscando profissionais e temas atuais, nessa busca de perfeição muitas vezes, deixamos passar despercebido os principais talentos e personagens que fazem parte da história da saúde e estão ao nosso lado e na unidade de saúde!
Humanizar é garantir à palavra a sua dignidade ética. Ou seja, para que o sentimento humano, as percepções de dor ou de prazer sejam humanizadas, é preciso que as palavras que o sujeito expressa sejam reconhecidas pelo outro. É preciso, ainda, que esse sujeito ouça do outro palavras de seu reconhecimento. Ou seja, sem comunicação, não há humanização.
A humanização depende de nossa capacidade de falar e de ouvir, depende do diálogo com nossos semelhantes.
E foi nessa capacidade de falar e ouvir que surgiu a ideia de levar o “TALENTO“ DO SHOW DE TALENTOS para os encontros da Estratégia de Saúde da Família.

  

  

   

Após a apresentação no Show de Talentos do SUS, os participantes foram convidados para as atividades de grupo e promoção de saúde das ESFs do município.

O resultado deste contato do talento do usuário do SUS nos espaços de atendimento em saúde, não visualizando a DOENÇA e sim a PESSOA, surtiu um resultado muito positivo. Não só no que diz respeito ao usuário, como também a Equipe de saúde.
Estes exemplos podem servir para o trabalho de análise, reflexão e elaboração de ações, campanhas, programas e políticas assistenciais que orientem um plano de humanização e o trabalho diário das equipes de saúde, tornando o espaço de saúde realmente mais acolhedor e humano.

“Uma cultura de humanização necessita tempo para ser construída, impõe a participação de todos os atores do sistema, determina uma ruptura de paradigmas. Humanizar é verbo pessoal e intransferível, visto que ninguém pode ser humano em nosso lugar. E é multiplicável, pois é contagiante”.

Experimentem esta experiência!

Enfermeira Josiane Paterno
ESF Rio Ada
Rio dos Cedros – SC