Estudantes da UNOESTE/Presidente Prudente refletem sobre a importância da AP na formação médica

14 votos

A Educação Médica e os Serviços de Saúde acompanham o desenvolvimento das pesquisas voltadas ao bem estar biopsicossocial da população. As transformações da sociedade e as necessidades de saúde das pessoas ditam as regras para a inserção dos futuros profissionais de saúde na carreira que abraçaram. A Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) no Campus de Presidente Prudente aposta na criação do Canal do Estudante do Programa de Aproximação Progressiva à Prática (PAPP/UNOESTE).

A Coordenação do Programa organiza reuniões bimestrais com os representantes dos estudantes, abertas à toda a comunidade discente, com a finalidade de ouvir os estudantes em relação às suas necessidades educacionais. Os acadêmicos têm a liberdade de organizar uma pauta, de acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais de 2014. Para cada Eixo, os aprendizes podem trazer sugestões para adequação das práticas em Saúde Individual, Coletiva, nos Processos de Trabalho em Saúde e na Educação em Saúde.

Os Facilitadores relembraram os Acadêmicos em relação à importância de se deslocar o  enfoque hospitalar com a finalidade de fortalecer a Atenção Primária à Saúde (APS), valorizando a prevenção de doenças, a promoção à  saúde e o trabalho interdisciplinar. Por esse motivo os estudantes estão inseridos, desde o termo 1, da Graduação, em sete Estratégias Saúde da Família (ESFs), nos municípios de Presidente Prudente e Álvares Machado.

As Necessidades de Saúde do autor Cecílio foram relembradas na Reunião do Canal do Estudante. Facilitadores lembraram que as escolas médicas foram levadas, com o passar dos anos, a adequarem os seus projetos pedagógicos neste sentido, com foco na Política Nacional de Atenção Básica. Estudantes consideraram que a inserção dos acadêmicos do curso médico como membros das Equipes de Saúde da Família (ESFs), nos municípios de Presidente Prudente e Álvares Machado, podem melhorar  a qualidade da assistência à saúde dos habitantes dos territórios ligados às ESFs. Essa inserção pressupõe a atuação conjunta e  integrada os profissionais de saúde com os estudantes na equipe da ESF.  Os participantes consideraram como positiva sua participação no Canal do Estudante.

Referências:
Estudantes de Medicina nos Serviços de Atenção  Primária.  Disponível em: https://www.google.com/url?sa=t&source=web&rct=j&url=http://www.scielo.br/pdf/rbem/v35n4/a06v35n4.pdf&ved=2ahUKEwjesZiK_O7iAhUxAtQKHe8uBl8QFjAAegQIAhAB&usg=AOvVaw3JSuoqVsCgjhXP_JI7JrVq
Consulta em 16 06 2019 às 19h 14min.