Estudantes do Curso Médico avaliam Planos de Ação que emergiram da Metodologia Ativa da Problematização, aplicados em 7 ESFs, no primeiro semestre de 2018, em uma Faculdade de Medicina do interior Paulista.

5votos

Os estudantes do Curso Médico da UNOESTE são inseridos em 7 ESFs desde a primeira série do curso, em um Programa de Aproximação Progressiva à Prática (PAPP). Os acadêmicos compartilham do processo de trabalho das equipes de acordo com os Eixos propostos pelas Diretrizes Curriculares Nacionais do Ministério da Educação e Cultura (MEC) em 2014. O cuidado individual, como o coletivo e o de gestão dos serviços de saúde, acontecem por meio do acompanhamento de famílias na área
de abrangência e das diferentes ações realizadas pela equipe interdisciplinar. As interações dos estudantes na ESF são problematizadas. Os aprendizes vão para a busca em diversas fontes. Os facilitadores orientam estratégias de intervenção para implementação no território da ESF de maneira compartilhada com a equipe de saúde local.
Dessa maneira a formação dos futuros profissionais de Saúde se aproxima dos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde. A Promoção à Saúde é valorizada na lógica da vigilância. Esse modelo de ensino vai se chocar com o modelo de cuidado centrado no biologicismo e na queixa-conduta, conceitos muitas vezes trazidos pelos estudantes e pela comunidade.
Os estudantes apresentam dúvidas em relação às Metodologias Ativas aplicadas na FAMEPP/UNOESTE, à parceria Academia-Serviço (UNOESTE/Secretarias Municipais de Saúde dos Municípios de Presidente Prudente e Álvares Machado), além de dificuldades relacionadas à Atenção Individual, Coletiva, aos Processos de Trabalho em Saúde e à Educação em Saúde elaboradas para os Grupos da Comunidade.
Para tentar dar ouvido às queixas dos estudantes, o PAPP/UNOESTE organizou o Canal do Estudante. Mensalmente, os acadêmicos e Facilitadores do PAPP se reúnem para discutir as inquietações dos estudantes dos termos 1 ao 5, relacionadas à sua permanência nos cenários de ensino das ESFs.
O Canal do Estudante busca compreender o significado da inserção do estudante na
prática profissional da ESF.
Os aprendizes e os facilitadores consideram como positiva a interação entre eles no Canal do Estudante PAPP.