Experiências exitosas em Gestão Participativa no SUS premiadas na 4ª edição do Prêmio Sérgio Arouca

9 votos

A Gestão Participativa está inserida como um dos princípios e diretrizes fundamentais do SUS, na perspectiva de democratizar a gestão da saúde.

Para a Política Nacional de Humanização, a participação social não pode estar restrita às instâncias formalizadas. Ela deve ser valorizada e incentivada no cotidiano dos serviços do SUS, pela sua grande importância como um instrumento disparador de mudanças nos modos de gerir os processos de produção de saúde.

O tema tem despertado o interesses não só dos trabalhadores e gestores de saúde, mas dos próprios usuários do SUS. Através da ferramenta CONTATO, um canal para dúvidas, esclarecimentos, ajuda para postar ou fazer perguntas sobre uso da rede, temos recebido com muita frequência pedidos envolvendo a participação e controle social nos serviços do SUS.

Fazendo uma busca sobre o tema para atender uma dessas demandas do Contato, encontramos a publicação da 4ª edição do prêmio Sérgio Arouca, que traz as experiências exitosas em Gestão Participativa do SUS pelo pais afora, e compartilho aqui, para aqueles que ainda não a conhece.

As experiências estão organizadas em três categorias: “Experiências Exitosas de Gestão Participativa; “Experiências Exitosas de Gestão Participativa em Municípios com mais de 50 mil habitantes” e “Experiências Exitosas de Gestão Participativa em Municípios com até 50 mil habitantes”

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/premio_sergio_arouca_experiencias_exitosas.pdf

Boa leitura!