FOMO: O MEDO DE PERDER ALGO

8votos

FOMO:O MEDO DE ESTAR PERDENDO ALGO

Petrópolis, 2 de Maio de 2018.

FOMO, Fear Of Missing Out.
Esta é a nomenclatura para a ansiedade causada por você saber que não está participando de tudo o que está acontecendo, um evento emocionante ou de igual importância, geralmente este gatilho dispara (ou desperta) por fotos ou posts nas
redes sociais.
Mas, o que significa FOMA (Fear Of Missing Out) em português?
O termo, é reconhecido pelo Oxford Dictionary, quer dizer basicamente “medo de estar perdendo algo”.
É uma ansiedade gigantesca gerada pelo sujeito saber que não está participando de um evento do qual o próprio julga importante, e o mesmo equivocadamente entende que está excluído trazendo pra si uma ansiedade extrema e seguida de uma frustração tremenda, por acreditar estar perdendo algo, daí o nome FOMA.
Faz alguns anos que eu tenho percebido toda esta temática em meus atendimentos e em como a dependência nas redes sociais tem influenciado no comportamento humano em toda sua pluralidade em todas as faixas etárias.
Diante destas observações, passei a pesquisar junto aos meus assistidos mais a fundo, e a adentrar no mundo das neurociências para embasar o que venho descobrindo e para poder formar minha opinião acerca das pesquisas que os colegas estão desenvolvendo. E no meu entendimento profissional prático, afirmo
categoricamente a capacidade das redes sociais de tornarem o ser humano muito infeliz, pensamento esse que converge com as pesquisas mais recentes neste tema em todo o mundo.
Defendo sim esta linha de pensamento, porém com a observância de que as redes sociais por si só não seria o problema, acontece que as redes sociais agem potencializando o sentimento de ansiedade já instaladoanteriormente no individuo.
Um bom exemplo é uso de drogas (lícitas ou ilícitas), estas substâncias podem ser curativas (ou prazerosas) para uns, ou nocivas para outros de acordo com as
emoções armazenadas anteriormente.
Em se tratando de um sentimento inerente ao ser humano, o ideal é que aprendamos a conviver com ela(as) de forma equilibrada, e de maneira que não afete as nossas vidas reais, e principalmente, não nos torne infelizes. Por isso,
todas as vezes em que você estiver sofrendo de FOMO, ou conheça alguém que esteja passando por este desconforto de maneira visível, busque ajuda de um profissional capacitado e fique atento aos sinais.

LUCAS.T.E.R.
Espaço CalmaMente