HISTÓRICO DO PROJETO ACOLHESUS NO TOCANTINS

5votos

É um projeto coordenado pela área da Coordenação Geral da Política Nacional de Humanização do Ministério da Saúde (CGPNH), tem como objetivo qualificar as práticas de cuidado a partir das portas de entrada do SUS, com base na Política Nacional de Humanização da Atenção e da Gestão do SUS, e utiliza para sua implantação/implementação a diretriz Acolhimento.

O Projeto iniciou em 20 de junho de 2017, por meio de Cooperação Técnica entre MS e a Secretaria Estadual de Saúde do Tocantins (SES) e vem sendo desenvolvido em etapas, contando inicialmente com o apoio de consultores técnicos da CGPNH (Carine, Simone e Ailana), para sua implantação/implementação.

No Hospital Geral de Palmas (HGP) o processo de instituição do projeto foi firmado em reunião com a diretoria e posteriormente apresentado para as equipes gestoras. Na SES foi criado o Grupo Executivo Estadual – GEE e no HGP foi criado Grupo Executivo Local – GEL que é o responsável pela implantação e implementação do projeto na Unidade. A equipe do setor de Humanização, diretoria e o GEL estão responsáveis por este projeto no HGP.

Na primeira oficina foi iniciado um diagnóstico situacional, que contou com o apoio dos estudantes do curso de medicina da Universidade Federal do Tocantins (UFT).

 Para a implementação do projeto foram criados grupos operativos de acordo com as diretrizes da PNH: acolhimento, arranjos de gestão, ambiência e gestão da clinica. A partir do segundo semestre de 2017, com a mudança da referência técnica do MS foi traçado novo plano de trabalho e instituído um grupo técnico para dar andamento às ações. Como primeiro produto deste plano, desenvolvido ao longo do ano e com o apoio do projeto AcolheSUS/GEL foi criado o colegiado do Ambulatório e definido esse serviço ambulatorial, como a primeira unidade de produção a ser trabalhada em consonância com o dispositivo de cogestão da PNH e plano diretor com o apoio da OPAS.