Humanizar a formação para humanizar SUS

19votos

TRABALHO DO 4o SEMESTRE DA DISCIPLINA DE INTRODUÇÃO A PSICOLOGIA DA SAÚDE SOBRE O CADERNO DA REDE HUMANIZASUS VOL.1 TEXTO: HUMANIZAR A FORMAÇÃO PARA HUMANIZAR SUS

 

O texto faz uma reflexão sobre a Política Nacional de Humanização (PNH) e do SUS que dá certo. Com isso, pode ser percebido que tem de se enfatizar o SUS que dá certo para mostrar que é possível através de transformações  das práticas de gestão e atenção e não esquecendo que o SUS possui desafios a partir das diretrizes da sua PNH.

Além disso, a PNH possui diretrizes básicas como forma de orientação às equipes as quais tem de obter uma produção de saúde. As diretrizes são: acolhimento, gestão democrática, clínica ampliada, valorização do trabalho e garantir os direitos dos usuários.

Outra  importante reflexão feita, no decorrer do texto é:

“… quem cuida de quem? Quem me cuida, com quem eu conto?”

Essas perguntas remetem a questão do cuidado pelo trabalhador para com o usuário do SUS e além de problematizar os desafios do SUS , como as filas intermináveis em Unidades Básicas de Saúde. Sendo que, a humanização vem com a proposta de intervir nos fatos do dia-a-dia do SUS. Assim é percebido que é a partir da formação que busca transformar as intervenções não restringindo as práticas de cuidado.

Pode ser percebido que torna-se um desafio a humanização pois é a partir das universidades que deve ser gerado experiências que estimule o acadêmico a ter compromisso para com o usuário do SUS sendo um direito de todo cidadão brasileiro ter a vontade de ser atendido por um acadêmico. Assim percebe-se que a humanização pode ter sua prática por meio de: “Humanizar a saúde é, pois construir relações mais afirmativas dos valores que orientam nossa política pública de saúde.”