Importância da imunização

10 votos

ESTUDANTES MÉDICOS ORIENTAM COMUNIDADE DE UMA ESF DO INTERIOR SP SOBRE A IMPORTÂNCIA DA IMUNIZAÇÃO

Introdução: O Programa de Aproximação Progressiva à Prática (PAPP) da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE), Campus Presidente Prudente, insere os estudantes do Curso Médico em sete Estratégias de Saúde da Família (ESFs) do primeiro ao quinto Termos, em atividades relacionadas a medidas preventivas e promotoras da saúde. A sala de espera da ESF é um local no qual os usuários do SUS aguardam pelo atendimento em saúde. Esse local foi encarado, por um grupo de acadêmicos do PAPP, como um cenário de ensino e aprendizagem, propicio para orientar e disseminar informações importantes relacionadas à Educação Popular em Saúde para a comunidade do Parque Primavera. Antes da orientação, Facilitadores do PAPP utilizaram a Metodologia Ativa da Problematização para capacitar os acadêmicos em relação à importância da imunização. Como a Metodologia da Problematização valoriza a Epidemiologia local, a Campanha de Vacinação contra o vírus H1N1, foi oportuna como momento de Ação – Reflexão e Nova Ação para os aprendizes, de acordo com o Arco de Maguerez. A Ação de Educação em Saúde deu ênfase à imunização contra a gripe, condição patológica causada pelo vírus Influenza que causa uma infecção aguda do sistema respiratório, podendo levar desde a hospitalização até o desfecho letal, nos casos mais graves. No fechamento do Ciclo Pedagógico, Acadêmicos consideraram que, dentre os grupos de risco estão: crianças, puérperas, idosos, diabéticos, hipertensos e pessoas com imunodeficiência, que são mais susceptíveis para contrair o vírus circulante, mas explicaram que a imunização ocorre para a Influenza do tipo A (H1N1).

Objetivo: Orientar a população sobre a importância da imunização, visando a aumentar a resistência das pessoas contra infecções, administrada por meio de vacina, imunoglobulina ou por soro de anticorpos.

Relato: Foi realizada uma “Roda de Conversa” na sala de espera da ESF do Parque Primavera, no município de Presidente Prudente, SP. Na oportunidade foram fornecidas informações aos usuários do SUS sobre a importância da Imunização para crianças, adultos, idosos e puérperas. Os acadêmicos utilizaram linguagem acessível para esclarecer os integrantes da comunidade sobre a necessidade da vacinação em todas as fases do ciclo vital. Estudantes explicaram, na Roda de Conversa, que as vacinas funcionam por meio da inoculação de agentes patógenos (vírus ou bactérias) atenuados ou mortos. Explicaram que esses agentes levam o corpo a produzir anticorpos e assim livram pessoas de contraírem as doenças. Consideraram que uma vacina geralmente contém um agente que se assemelha a um micro-organismo causador dessa doença. Dessa maneira a comunidade fica mais forte para enfrentar muitas enfermidades.

Considerações em processo:
Estudantes aplicaram uma “avaliação de carinhas”, no final da ação de Educação em Saúde e descobriram que a população-alvo considerou que a informação foi importante para o esclarecimento das dúvidas e mitos em relação à imunização. Os Estudantes de Medicina e os integrantes da Equipe Interdisciplinar da ESF consideraram como positiva a ação de Criação de Ambientes Saudáveis realizada no território da Unidade de Saúde.
Trabalho realizado por: Gabriela Peverari Trevisan e es
Referências:

Programa Nacional de Insinuações. Disponível em:
www.saude.gov.br/acoes-e-programas/banco-deleite/contatos/693-acoes-e-programas/40594-programa-nacional-de-imunizacoes-vacinacao
Acesso em 23 06 2019 às 10h 34min.

Vacinação: quais são as vacinas, para que servem, por que vacinar, mitos. Disponível em:
https://www.google.com/url?sa=t&source=web&rct=j&url=http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/vacinacao/vacine-se&ved=2ahUKEwjoqcnD3f_iAhW1D7kGHUEvDykQFjAAegQIARAB&usg=AOvVaw0Z-bFth3gtjWkwR-C5k2GA
Acesso em 22 06 2019 às 10h 42min.
Trabalho realizado por: Gabriela Peverari Trevisan e Estefânia Costa Ribeiro