Planos de Ação que emergem da Metodologia Ativa da Problematização transformam a realidade de 7 ESFs no interior Paulista.

12votos

A UNOESTE (Universidade do Oeste Paulista) desenvolve uma parceria com as Secretarias de Saúde dos Municípios de Presidente Prudente e Álvares Machado. Os estudantes do Curso Médico são inseridos em 5 ESFs em Prudente e em duas ESFs em Machado desde o primeiro ano da Graduação. Planos de ação são criados a cada semestre com base nos Eixos da Atenção Individual, Coletiva, Processos de Trabalho em Saúde e Atenção à Saúde.

Estudantes, estimulados pelos respectivos facilitadores, utilizam a Política Nacional de  Humanização (PNH) de maneira transversal, nos 4 Eixos propostos pelo MEC (Ministério da Educação e Cultura) para propor a criação de Vínculos de Respeito e Confiança entre as Equipes de Saúde e os Usuários do SUS nos territórios das ESFs.

O Acolhimento com Classificação de Risco e a utilização da Escala de Coelho para priorizar a realização das Visitas Domiciliares têm abrilhantado as discussões nos Ciclos Pedagógicos, com base no Princípio da Equidade do SUS.

A participação popular em saúde tem sido incentivada pelos facilitadores que estimulam a organização de Reuniões mensais com a Comunidade nas ESFs, realizada pelos Acadêmicos do Curso Médico, com alicerce na Lei 8.142/90, que prevê o Controle Social no SUS. Os estudantes consideram como positiva sua participação na Criação de Ambientes Saudáveis na Comunidade, de acordo com a Política Nacional de Promoção à Saúde.