Roda de Conversa com profissionais da Rede de Atenção a Saúde sobre cuidado compartilhado

9votos

Humanização da Saúde, do Mestrado Profissional de Ensino na Saúde, da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Alagoas (MPES-FAMED-UFAL).

Autoria: Marcia de Moraes Arruda (Assistente Social da Gerência de Atenção Psicossocial da Secretaria Municipal de Saúde de Maceió; Estudante do mestrado de ensino e Saúde da Faculdade de Medicina de Maceió – UFAL). Sérgio SeijiAragaki (coord. da disciplina) – MPES-FAMED-UFAL, Cristina Camelo de Azevedo (coord. da disciplina) – MPES-FAMED-

A roda de conversa teve inicio com a apresentação dos objetivos da atividade e sua finalidade, seguindo da assinatura do Termo de consentimento precisamente preenchido.

Em seguida foi realizada uma dinâmica sobre os principais princípios da PNH, onde cada pessoa retirava de um envelope um dos princípios, falava o que entendia sobre ele e a relação com sua atividade cotidiana.

Em seguida, o grupo elegeu um deles: Clinica Ampliada.

Estavam presentes: representantes da Gerencia de Atenção Psicossocial, Profissional de CAPS e Profissional da Atenção Básica.

Conversamos sobre a implantação do fluxo de saude mental na atenção Básica e de como compartilhar o cuidado do usuário em sofrimento psíquico. Refletimos sobre a fragilidade do cuidado ofertado ao usuário, devido a um entendimento inadequado de saúde, aliado as dificuldades encontradas na rede de atenção a saúde de Maceió.

Elegemos o Matriciamento como ação essencial a esse cuidado por seu caráter pedagógico e extramuros.

Avaliamos a fragilidade dessa ação ao longo dos anos e definimos como prioridade investir na implementação da mesma.