Roda de conversa sobre cogestão como modelo eficaz na condução dos CAPS de Maceió

10votos

Trabalho realizado na disciplina Humanização da Saúde, do Mestrado Profissional de Ensino na Saúde, da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Alagoas (MPES-FAMED-UFAL).

Autoria:

Marcia de Moraes Arruda – Assistente Social da Secretaria Municipal de Saúde.

Estudante do mestrado Profissional de ensino na Saúde.

Sérgio Seiji Aragaki (coord. da disciplina) – MPES-FAMED-UFAL

Cristina Camelo de Azevedo (coord. da disciplina) – MPES-FAMED-UFAL.

Roda de conversa com Tecnicos da Gerência de Atenção Psicossocial da Secretaria Mucicipal de Saúde e Coordenadores dos Centros de Atenção Psicossocial sobre PNH.

 

A roda de conversa sobre a PNH, mais especificamente sobre a cogestão, modelo de gestão preconizafo pelo SUS, aconteceu numa sala do CAPS Alcool e Drogas de Maceió, local onde a Gerência de Atenção Psicossocial esta alojada devido a reforma da Secretaria Municipal de Saude de Maceió.

Para chegar ao tema proposto, utilizei uma estratégia de solicitar o tema: modelo de gestão, como ponto de pauta de uma reunião ja agendada da gerência com os coordenadores dos CAPS.

No momento em que o tema proposto passa a ser discutido, facilitei a discussão do tema possibilitando que a palavra circulasse na roda de forma livre, refletindo sobre a pratica de cada coordenador em seu ambiente de trabalho e de como os servidores tem se conduzido frente a forma de gerenciamento dos mesmos.

Foram apresentados várias dificuldades quanto a organização do trabalho e ao vínculo com os servidores, o que vinha sendo um ponto de conflito dentro do Serviço.

Após a apresentação das questões trazidas por cada um, foi pontuado um resumo sobre o modelo de gestão proposto na PNH e sugerido que essa discussão fosse levada para cada serviço. Esse momento foi encerrado com a formação de um núcleo gerenciador formado por tecnicos da gerencia, coordenadores administrativos dos CAPS e um tecnico de apoio que estará fazendo parte da gerência local (grupo denomidafo atualmente como núcleo gerencial) incentivando a participação dos demais servidores e usuários nesse modelo de gestão.

Essa discussão sera redescutida a cada mês, vomo estrategia de educação permanente, a fim de que os coordenadores contratados para o cargo possa absorver melhor a proposta do SUS, assim como os demais tecnicos e usuários venham a ter acesso a um modelo de gestão preconizado pela PNH.