SETEMBRO INICIA COM CAMPANHA DE PREVENÇÃO AO SUICÍDIO NO HOSPITAL REGIONAL

5votos

O Programa de Saúde Preventiva Viva Bem, por meio do subprograma depressão e doenças de fundo emocional e psicologia hospitalar, realiza no mês de setembro, ações de prevenção ao suicídio. Nesta segunda-feira, 03, no anfiteatro da Entidade, foi realizada a primeira palestra em apoio ao movimento mundial “Setembro Amarelo”.

O perito criminal do Instituto Geral de Perícias (IGP) e suicidólogo graduando em psicologia, Abel Peter, apresentou o tema: “Suicídio, falando abertamente”, para profissionais do Hospital. Envolvendo os setores de Pronto Socorro, Internação, UTI, Recepção e Equipe Multi, Peter apresentou dados e conversou sobre formas de lidar com pessoas que estão com alguma doença mental que pode levar ao suicídio.

“Os índices de suicídio tem reduzido no mundo. Apenas 17% dos países apresentam um acréscimo no número de mortes. Infelizmente, o Brasil está entre esse percentual que enfrentam problemas de aumento nas taxas de pessoas que tiram sua própria vida”, afirma o suicidólogo.

São cerca de 11 mil pessoas no Brasil que se suicidam. “O suicídio é um ato definitivo para um problema que poderia ter sido temporário”, enfatiza Peter. Segundo o Ministério da Saúde, 23% dos casos acontecem na região Sul e Santa Catarina representa quase o dobro da média nacional. Na região Extremo Oeste do Estado, conforme pesquisa realizada em 2016 pelo perito do IGP, os números são ainda mais expressivos e preocupantes.

Um próximo encontro com o profissional, está marcado para o dia 19, às 19h30, no anfiteatro do Hospital. “Realizamos a capacitação em dois períodos para atingirmos o máximo de profissionais possíveis devido os turnos. O tema é muito importante e precisa ser debatido”, destaca a coordenadora do Programa Viva Bem, Ágda Andres. As atividades do mês também contam com a organização e apoio da psicóloga, Daniela Filipini.