Tag » comunicação e humanização

O Audiovisual como ferramenta para educação em saúde: abordagens e reflexões

Olá Rede Humaniza SUS, tudo bem? Durante minha formação como Sanitarista pela Unifesspa, tive a oportunidade de cursar a disciplina “Comunicação e as Tecnologias em Saúde”. Dentre as competências a serem desenvolvidas na disciplina, havia a aplicação da educação tecnológica em saúde e educação popular no contexto de atuação do profissional de saúde. Entre os formatos […]

O SUS EM FOCO NAS SÉRIES TELEVISIVAS: Unidade Básica e Sob Pressão

      Oi, pessoal, tudo bom?  Faz tempo que eu não escrevo nada por aqui, né?  Confesso que gostaria de ter tempo para escrever (ou talvez me organizar) e dedicar alguma contribuição para a RedeHumanizaSUS, produzindo alguns diálogos e reflexões sobre o cotidiano do nosso SUS e dos acontecimentos que estamos passando e que […]

Cer II/UNESC Participa do VI Congresso de Humanização em Saúde

O Centro Especializado em Reabilitação CER II/UNESC  participou  do VI Congresso de Humanização: As diversas faces da humanização em saúde, promovido pela área de saúde do Grupo Marista, realizado nos dias 10, 11 e 12 de agosto de 2015 em Curitiba-PR. O CER II/UNESC coordenado pela Profª. Drª. Lisiane Tuon Generoso Bitencourt, teve sua participação  […]

Música e poesia tomam conta de hospital

Na Semana da Mulher, pacientes, acompanhantes e colaboradores do Hospital de Urgências de Anápolis Doutor Henrique Santillo (HUAna) participaram de atividades alusivas à comemoração, nos dias 10 e 11, com intuito de valorizar o trabalho desenvolvido e a importância das mulheres na comunidade hospitalar. No dia 10, o curso de estética do SENAC fez a […]

Aniversariantes do mês

Em janeiro, o Grupo de Trabalho de Humanização (GTH) da Santa Casa da Misericórdia de Ouro Preto realizou mais uma confraternização com os aniversariantes do mês. Junto com o convite para comer um bolo no refeitório, o colaborador ganha 5 tickets alimentação.

AFINAL, A QUEM CABE “AZEITAR” O TRIPÉ “GTU” – GESTOR-TRABALHADOR-USUÁRIO?

1.GESTORES GERALMENTE OCUPADOS ALÉM DO QUE DEVIAM 2.TRABALHADORES DESARTICULADOS ALÉM DO QUE DEVIAM 3.USUÁRIOS DESVALORIZADOS ALÉM DO QUE DEVIAM 4.COMO FALAR EM TRIPÉ "GTU" COM TANTO DISTANCIAMENTO? 5.OS GRUPOS DE WHATSAPP PODEM AJUDAR A MINIMIZAR ESTAS DISTANCIAS, EMBORA SEJA DIFÍCIL INCORPORAR USUÁRIOS NESTES AGRUPAMENTOS 6.ESTAMOS ENSAIANDO HÁ TRES MESES UM GRUPO DE WHATSAPP GESTOR-TRABALHADOR, E […]

Não há saber mais ou saber menos: Há saberes diferentes. Um olhar Freiriano em tempos de Narciso.

Sabido, pois que Narciso, tal qual dotado de incandescente beleza, de sua torpe fugacidade em refletir-se no espelho, imagem que entorpece aos olhos atentos manifestos ao encontro cataclísmico com esse deus, não permitira beleza igual, narciso era único, era incontestavelmente perturbador. Narciso perplexo deixa-se trair pela voz que ecoa, inquietando-lhe, ele enamora-se, percebendo pela reflexão […]

Tenda do Conto na Revista Vida Simples: Aos Cuidadores de Histórias!

Amigos e amigas da RHS, É com imensa alegria que venho compartilhar uma alegre notícia : a nossa Tenda do Conto está na edição de Novembro da Revista VIDA SIMPLES! Leandro Quintanilha, na coluna “Gente Incrível”, traz de modo breve, mas com muita delicadeza, a experiência da Tenda do Conto: “A estrutura é simples: reunidos […]

Método de estimular a comunicação entre gestores, trabalhadores e usuários- PNH

A PNH incentiva através de reuniões, rodas de conversa, uma relação de discussões entre os três grupos, gestores, trabalhadores e usuários para que juntos, na troca de ideias, possam identificar problemas e dificuldades em cada serviço de saúde que possibilita o enfrentamento de relações de poder e mostre para cada grupo a importância do papel […]

Além do lead

“Apontado como o maior problema do Estado, a saúde pública em Goiás tem nota média de 3,3 para os eleitores goianos, segundo pesquisa Serpes/O POPULAR realizada dos dias 25 a 29 de agosto. Um terço do eleitorado (33,1%) deu nota zero para a área. Apenas 24% consideram que o setor mereça mais que nota 5”. […]