Tag » devir

O Devir Escrita da Vida nos Serviços de Saúde

Escrever é um devir, disse Deleuze acerca do ato de criar a partir das palavras. A iniciativa aqui presente convoca a escrita coletiva dos trabalhadores, agenciando vários espaços de formação e produção em saúde. Tantas construções de vida e trabalho precisam ganhar o espaço da visibilidade de todos.

Tema: O conceito de Devir, transformação e transmutação e Saúde Coletiva

Pessoal, Boa tarde! Compartilhando… Roteiro de Leitura: Tema: O conceito de Devir, transformação e transmutação e Saúde Coletiva Deleuze, G. O que é uma conversa? DELEUZE, G.; PARNET, C. Diálogos. São Paulo: Escuta, 1998. PDF disponível aqui. DELEUZE, Gilles. Controle e Devir. In: ___________. Conversações. Peter Pál Pelbart (trad). Rio de Janeiro: Editora 34, 1992. […]

“Toda mulher é negra” – Diário de bordo de uma viagem-intervenção – Maputo

Diário de bordo de uma viagem-intervenção Regina Benevides e Eduardo Passos No método da cartografia, a inseparabilidade entre pesquisa e intervenção desestabiliza pressupostos tradicionais do conhecimento científico e o ideal de inteligibilidade que se hegemonizou como positivo, rigoroso, neutro, objetivo.  Entender que toda pesquisa é intervenção, compromete aquele que conhece e quem (ou o que) […]

Passagem

  Mesmo nossa mais sólida auto-imagem É uma composição momentânea de luz e sombra Podemos ter expressões faciais recorrentes Pequenas marcas que persistem e denunciam nossa descendência Ao nos vermos reiteradamente em imagens digitais, neste império do indivíduo Não é um super eu que aparece Começamos a ver nosso pai, uma das avós, ou a […]

Viver não é sobreviver: para além da vida aprisionada – segunda parte

christ & gantenbein HIGHLIKE http://highlike.org/   continuação da fala de Peter Pal Pelbart no III Seminário Internacional A Educação Medicalizada postada em: http://www.redehumanizasus.net/63611-viver-nao-e-sobreviver-para-alem-da-vida-aprisionada-peter-pal-pelbart-primeira-parte O desejo, segundo Deleuze e Guattari, é o irracional de toda a racionalidade. Implica uma ruptura de causalidade. Rompe com causas e metas. A única causa do desejo é uma ruptura de […]

“um dia o século será deleuziano” – Michel Foucault

Our Lily and Arum Lily HIGHLIKE http://highlike.org/   resposta de Deleuze ao jornal Libération, em 1986:   " Não sei o que Foucault queria dizer, nunca lhe perguntei. Foucault tinha um humor diabólico. Talvez quisesse dizer isto: que eu era o mais ingênuo dos filósofos da nossa geração. Em todos nós se encontram temas como […]