Tag » Fisma

Humanização, uma caminhada contínua.

Muito se escreve sobre o tema humanização, principalmente quando envolve este com a saúde pública no Brasil, é comum lermos textos com cobranças da população sobre órgãos governamentais e seus trabalhadores. Porém nem todos têm conhecimento histórico sobre o tema e assim não sabem o quanto avançamos neste contexto. Claro que ainda existem pontos a […]

reforma psiquiatra

  Atualmente entendemos que a imensa maioria dos "hospitais psiquiátricos" e brasileiros merecem ser fechados, pois representam um risco para o paciente,pois não poderiam ser chamados de hospitais,por que muitos deles constituem apenas um deposito de pacientes. Não consideramos essa pratica como internação hospitalar,pois considero que se delimite os hospitais psiquiátricos,assim chamado de manicômios.Em realidades […]

VER-SUS e RHS: dispositivos de diálogo na formação em saúde e nos serviços de saúde

"Começo essa postagem falando um pouco do que está me movimentando ultimamente…". Essa é a frase que dá início ao primeiro post publicado na Rede HumanizaSUS relatando uma vivência do VER-SUS, de Thatiane Veiga (http://www.redehumanizasus.net/12671-nos-caminhos-do-sus). Com essa ideia, do que nos movimenta ultimamente nesta rede de afetos, aproveitando os debates do "Encontro Paulista do VER-SUS" […]

A SAÚDE É DIREITO DE TODOS E DEVER DO ESTADO

      O objetivo desta resenha foi a identificação das atuações e percepções dos Agentes Comunitários de Saúde, que objetivou identificar como abordam a temática sobre o álcool e de outras drogas. A saúde é direito de todos e dever do Estado, em garantir mediante políticas sociais e econômicas visão à uma redução do […]

O SISTEMA QUE AUXILIA – USUÁRIOS DE ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS

A Reforma Psiquiátrica brasileira desenvolveu-se, historicamente, em volta da desconstrução dos manicômios e transformação desse lugar a partir de uma rede que substitua a internação psiquiátrica. As ações em saúde mental ocorrem com a integração de todos os níveis de atenção à saúde, juntamente com as políticas sociais. Segundo os autores, Com o avanço das […]

TRATAMENTO PSIQUIÁTRICO. CONSENTIMENTO E AUTONOMIA

Uma das questões mais complexas e fascinantes da Psiquiatria diz respeito ao tratamento psiquiátrico involuntário, assim entendido aquele que ocorre sem o consentimento do paciente, considerando que, de modo geral, há concordância de que os tratamentos médicos devem ser instituídos de comum acordo com os pacientes, o que realmente acontece com as pessoas com transtorno […]

O Matriciamento como contribuição de um trabalho cooperativo na Rede de Saúde Mental.

  O Matriciamento como contribuição de um trabalho cooperativo na Rede de Saúde Mental. Por:  Gelva Froes e Fernanda Pazetto Para a população com transtorno mental, há uma mesma necessidade de atendimento em urgência e emergência. Todavia nem todos os profissionais tem o devido preparo para este tipo de atendimento especializado. Por este motivo, o […]

O corpo como fio condutor para ampliação clínica – renha crítica

A partir da atividade proposta pelo professor Douglas Cazarotto, abordaremos esse tema que possui por objetivo ampliar a diretriz da clínica ampliada nos termos definidos pela Política Nacional de Humanização e, refere-se ao corpo como um operador da ampliação clínica. Para os autores, essa diretriz parece apresentar indicativos de necessidades de atualização e a partir […]

PSICOLOGIA DA SAÚDE E PSICOLOGIA HOSPITALAR: DESAFIOS PARA A INSERÇÃO E ATUAÇÃO DO PSICÓLOGO.

O objetivo deste texto é explicitar a relação entre a Psicologia da Saúde e a Psicologia Hospitalar, baseando-se no contexto da inserção e atuação do psicólogo na área da saúde. As autoras relatam que as expressões "Psicologia da Saúde" e "Psicologia Hospitalar" são distintas e que a especialidade “Hospitalar” só existe no Brasil. Esses dois […]

Relação Caps, loucura e religião: a união desses fatores como processo do conhecimento

Compreender a interface entre a saúde mental e a religião tornou-se imperativo, tanto pela importância da religião na vida dos usuários e dos familiares, como pelo reconhecimento da religião enquanto agência terapêutica e recurso comunitário, na ótica e na experiência dos sujeitos desta resenha que é pertencente ao artigo “Para Além e Aquém de Anjos, […]