Altair Lira

Salvador, BA

Membro desde: 07/05/2012

7 POSTS
51 VOTOS

Sobre:

Mestre em Saúde Coletiva - Gestão em Saúde com ênfase em Hemoterapia, Instituto de Saúde Coletiva/Universidade Federal da Bahia (ISC/UFBA) com a tese: "Análise da Assistência Ofertada às Gestantes com Doença Falciforme em Salvador/BA: O Racismo nas tramas e enredos das Redes do SUS", em fevereiro de 2015. Bacharel em Ciências Sociais, com ênfase em Antropologia da Saúde, pela Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas/Universidade Federal da Bahia (FFCH/UFBA), com o TCC: "Doença Falciforme no Brasil, doença de negros? Diálogos entre Darwin, Mendell e Zumbi.", em julho de 2011. Filiado à Associação Brasileira de Pesquisadores(as) Negros (as). Pesquisador convidado do Programa Integrado de Pesquisa Comunidade, Família e Saúde: Contextos, Trajetórias e Políticas Públicas (FASA) do Instituto de Saúde Coletiva - Universidade Federal da Bahia (ISC/UFBA). Membro do Comitê Técnico de Saúde da População Negra do Ministério da Saúde, tendo sido membro do Comitê de Assessoramento Técnico em Doença Falciforme. Coordenou a Política Estadual de Humanização da Atenção e da Gestão no Sistema Único de Saúde (PNH), na Diretoria de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde (DGTES), da Secretaria Estadual de Saúde da Bahia (SESAB). Sócio fundador da Associação Baiana das Pessoas com Doenças Falciformes (ABADFAL), em 2001, onde exerceu a Coordenação Geral. Também é membro fundador da FENAFAL - Federação Nacional das Associações de Pessoas com Doenças Falciformes em 2001, eleito Coordenador-Geral em 2006. Membro convidado pelo Governo dos Estados Unidos da América para o International Visitor Leadership Program (2010); Atuou como Ponto Focal (Representante Sociedade Civil) no Plano de Ação Conjunto Brasil - Estados Unidos para a Promoção da Igualdade Racial e Étnica (U.S.-Brazil Joint Action Plan to Promote Racial Equality – JAPER), entre 2009-2011. Consultor PNUD, junto à PNH- Politica Nacional de Humanização,do Ministério da Saúde, como Apoiador Institucional na Bahia. Descendente do Povo FULA da Guiné-Bissau e do Povo MENDE e TEMNE de Serra Leoa, no Continente Africano.

Interesses:

Atua principalmente nos seguintes temas: Humanização, Politica Nacional de Humanização da Atenção e da Gestão do SUS (PNH), Políticas Públicas de Saúde, Doença Falciforme, Saúde da População Negra, Genética e Herança, Questão Racial e Discriminação, Ética e Bioética, Equidade, Educação Popular em Saúde, Controle Social e Direitos da Criança e do Adolescente.

Formação:

Mestre em Saúde Coletiva - Gestão em Saúde com ênfase em Hemoterapia, Instituto de Saúde Coletiva/Universidade Federal da Bahia (ISC/UFBA) ; Bacharel em Ciências Sociais, com ênfase em Antropologia da Saúde, pela Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas/Universidade Federal da Bahia (FFCH/UFBA); Possui Curso de Extensão pela Universidade de Brasília (UNB) em "Comunicação, Cultura, Cidadania e Mobilização Social"; Curso EAD "Gestão para Resultados em Saúde com enfoque em Direito Sanitário" do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Instituto Interamericano para o Desenvolvimento Econômico e Social (INDES).

“A anemia falciforme é um retrato do racismo no Brasil”

http://atarde.uol.com.br/muito/noticias/1917833-a-anemia-falciforme-e-um-retrato-do-racismo-no-brasil “A anemia falciforme é um retrato do racismo no Brasil” Altair Lira, 49, deparou-se com a anemia falciforme há 17 anos, quando descobriu que  sua filha tinha a doença. “Precisei enfrentar duas agonias: a de pai e a de cidadão”, ele diz, enquanto caminha por um dos corredores da Universidade Federal da Bahia, onde […]

Grávidas em trabalho de parto dançam “Despacito” e fazem sucesso

  http://atarde.uol.com.br/bahia/salvador/noticias/1874967-gravidas-em-trabalho-de-parto-dancam-despacito-e-fazem-sucesso Reportagem Jornal A TARDE      Qua , 05/07/2017 às 07:26 | Atualizado em: 05/07/2017 às 07:41 Grávidas em trabalho de parto dançam “Despacito” e fazem sucesso Da Redação Tags gravidas gestantes despacitos salvador   A+ A- Gestantes dançaram para aumentar a dilatação e conseguirem ter parto normalReprodução | Youtube O vídeo de duas […]

I CONGRESSO DE PESQUISADORES/AS NEGROS/AS DO NORDESTE – COPENOR

https://www.icopenor2017.com.br/ O I CONGRESSO DE PESQUISADORES/AS NEGROS/AS DO NORDESTE – COPENOR está sendo organizado por meio de parceria entre a UFMA (Centro de Ciências Humanas/Colegiado da Licenciatura Interdisciplinar em Estudos Africanos e Afro-brasileiros/NEAB/PPGCSOC), o Instituto Federal do Maranhão (IFMA/Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indiodescente/NEABI), a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e a Associação Brasileira de […]

Socializando minha dissertação: Análise da assistência ofertada às gestantes com Doença Falciforme, em Salvador/BA: o racismo nas tramas e enredos das Redes do SUS.

 Boa noite socializo minha dissertação de mestrado. Espero que possa vir a colaborar com os diálogos principalmente no que tange o dialogo entre as redes, pois quando trago a mulher com doença falciforme e sua gestação de alto risco, estou dialogando com a Rede Cegonha, a Rede de Doenças Cronicas e a Rede de Urgência […]

7ª Turma do Curso de Extensão em Saúde Coletiva sobre Atenção Integral à Saúde de Pessoas com Doença Falciforme – Educação à Distância (EAD)

Bom dia à todas e todos profissionais e gestores   Me  ​apresento,   Sou Altair Lira  Faço parte da  ​Coordenação Pedagógica do ​ Curso de Extensão em Saúde Coletiva sobre Atenção Integral à Saúde de Pessoas com Doença Falciforme na modalidade de Educação à Distância (EAD).   ​Este curso se apresenta como importante ferramenta na […]

CONSULTA PÚBLICA – Plano Estadual de Humanização do SUS/Bahia

Olá à todas e todos.   Até 24 de Novembro de 2016, estará disponível em Consulta Pública, o Plano Estadual de Humanização do SUS/Bahia. A Política Estadual de Humanização da Atenção e da Gestão do SUS – Bahia (PEH-Bahia) que foi aprovada no dia 15 de setembro de 2016 no Conselho Estadual de Saúde, Resolução […]

Semana de Humanização na Bahia 26 a 30 novembro 2012

Participe e acompanhe a Semana de Humanização da Secretaria de Saúde da Bahia.