Erasmo Ruiz

Membro desde: 19/02/2008   |   3416 VOTOS

Interesses:

Humanização, Psicologia Social, Tanatologia, Psicologia Aplicada à Saúde. Atualmente estudo de que forma grupos de trabalhadores que lidam diretamente com a morte e o morrer constróem suas identidades em função do lugar da morte no trabalho. Gosto de literatura, arte e música clássica, principalmente a barroca. Sou Professor da Universidade Estadual do Ceará, militante sindical e um estudioso e admirador da obra de Antònio Gramsci. Além das graduações de Enfermagem, Serviço Social e Medicina, dou aulas nos programas de Pós Graduação em Educação (UFC), no Mestrado Acadêmico de Saúde Pública e no Mestrado Acadêmico de Políticas Públicas, ambos da UECE.

Formação:

Psicólogo pela USP-Ribeirão Preto

Mestre em Educação: UNiversidade Federal de São Carlos

Doutor em Educação: Universidade Federal do Ceará

Aprendendo Com o Filme “Wit, Uma LIção de Vida”

  Pessoalmente acredito que o cinema pode nos oferecer uma excelente oportunidade para estimular discussões e funcionar como veículo potenciliazador de mensagens e conteúdos. Nâo que o cinema possa produzir milagres, mas como expressão da arte, em algumas oportunidades, pode convidar as pessoas a refletir sobre a vida, o mundo e si mesmas.   O […]

O Homem e a Morte: Uma poesia de Manuel Bandeira

Os espaços para aprender a morrer são muito exíguos. Como já foi destacado em outros posts, estamos em meio a falta crônica de um processo socializador para a morte. Dai que autores como Maria Julia Kovacs proporem uma educação para a morte. Partindo-se da premissa que a educação se configura como processo formal (o que […]

Cuidado Paliativo Não é Paliativo

  O título dessa postagem pode parecer contraditório…mas não é. Cuidado paliativo não é paliativo! Para resolver esse mistério teríamos que ir à origem das palavras. Hoje em dia quando queremos dizer que uma coisa é resolvida de maneira precária dizemos que solução foi “paliativa” ou seja, que de fato não se resolveu o problema.  […]

Morrer em Casa: Entre o “Céu” e o “Inferno”.

Fui instigado por uma declaração do novo secretário de saúde do Estado do Ceará, o Sr Ciro Gomes, quando  perguntado sobre a superlotação do Hospital Geral de Fortaleza (HGF), mais precisamente sobre como acabar com o “piscinão” do hospital – área improvisada onde pacientes esperam por internação  Uma das   soluções  de Ciro passa pela […]

A Face dos Mortos: Bombas e Bombas

Antes de mais nada, um aviso! Não se  apropriem deste texto para fazer apologia da barbárie. É inaceitável que alguém coloque uma bomba no passeio público para matar e mutilar pessoas indefesas. Mas existe a outra face da moeda. É também inaceitável que um Estado se utilize de sua máquina de guerra para matar indiscriminadamente […]

Morte e Pintura: Alguns Quadros de Edvard Munch

  Edvard Munch (Auto Retrato Com Cigarrilha) Todo um imenso volume de história da arte poderia ser composto a partir da temática da morte. Episódica em alguns, a morte pode  ser o grande tema nas mãos de outros. Este é o caso de Edvard Munch (1863-1944), pintor norueguês. Notabilizado pelo quadro "O Grito", o pintor […]

Aprendendo a Morrer com Mario Quintana

Continuo a insistir: a poesia é um dos poucos redutos onde podemos aprender um pouco da arte de morrer. Não isso que vemos na TV, as mortes cenográficas, dolorosas, dramáticas. Nem a morte que vemos nos hospitais, os abandonos nos quartos, o lidar com o corpo vivo porém morto à vida num leito de UTI. […]

Doulas Para a Morte

A palavra "Doula" vem do grego e quer dizer "a mulher que serve". Hoje a expressão designa uma mulher que acompanha uma gestante ou um casal "grávido". Esse acompanhamento não ocorre apenas durante o parto mas também antes e depois. Ela é dona de um saber que ajuda a produzir suporte físico e psicológico sendo […]

Não há mais nada a ser feito!

Existem inúmeras frases infelizes que podemos dizer às pessoas. Por toda a vida nós vamos ouvi-las e algumas vezes seremos nós a dize-las:  – "O banco já está fechado" – Infelizmente não temos seu número" – "Como você engordou" – "Acabou a energia elétrica" – "Você entrou no banheiro errado" Quem já passou por estas […]