Sobre:

Sou professor de Ciências Sócio Históricas - Geografia - na EMEF Wenceslau Fontoura da SMED e Assessor da Área Técnica de Saúde Mental da SMS, ambos na PMPA.

Na área da saúde desde 1989, na Secretaria Municipal da Saúde desde 1998 e como professor do EJA desde de 2011, tenho especial interesse na articulação dos temas da coesão social, comunidade família, saúde mental e educação.

Com experiência em UTI neonatal, tenho alunos que foram meus pacientes quando nasceram prematuros no GHC. Na saúde mental trabalhei com reinserção social e reabilitação psicossocial em serviços substitutivos na rede de atenção à saúde mental.

Minha graduação é em Ciências Sociais pela UFRGS. Tenho pós graduação, também pela UFRGS, em Humanização da Gestão e da Atenção no SUS, além de experiência em Assessoria Institucional na área sindical.

Interesses:

Literatura

Teoria do Conhecimento

Filosofia

Exobiologia

Tanatologia

Ciência Política

Sociologia

Antropologia

Cinema: drama, documentário, comédia, ação, fantasia...

 

Formação:

Graduado em Ciências Sociais - UFRGS (2006);

Pós graduado em Humanização da Gestão e da atenção do SUS (2009)

O que temos pela frente

Você já esteve em um “Uber”, próximo ao seu destino, quando o condutor recebe um alerta de chamada para aceitar ainda antes de você desembarcar? A inteligência artificial do software é capaz de calcular em milésimos de segundo que a alternativa para essa chamada em aberto pode ser o veículo em que você está, considerando […]

Os galhos do iluminismo

Esquerda e direita são galhos da árvore do iluminismo. A divergência desses dois modos de pensamento reside no tipo de melhores humanos que cada modelo defende. Os liberais dizem que o melhor ser  humano é individualista, guiado pelo auto interesse, o egoísta típico. Na visão de mundo de esquerda o melhor tipo de humano está […]

A eternidade do presente

É relativamente fácil esperar que o mundo seja como o idealizamos. Trata-se apenas de fabular uma expectativa em relação ao futuro. A questão é sobre atos e acontecimentos. O que fazemos pode, e frequentemente está, em desacordo com nossas crenças e ideais porque pensamos que a realidade seja algo que devemos ajustar e corrigir. Esse […]

A igualdade e o trabalho

A riqueza é uma expressão simbólica para a existência de um recurso. Os recursos são medidas de antecipação das possibilidades. Se há recursos, materiais e cognitivos, então é possível resolver problemas e atender demandas. A moeda é a expressão das distribuições de possibilidades entre as pessoas. Dinheiro não passa de ingresso para o banquete vital […]

Otimismo, inocência e culpa

Presenciei o sofrimento de muitas pessoas. Invariavelmente, essas pessoas arrastavam diferentes medidas de sentimento de culpa ao longo de suas jornadas de dor. Sou profundamente cético a respeito da noção de culpa. Não tenho certezas absolutas sobre livre arbítrio. Acredito em responsabilidade. Porém, não tenho a mínima noção de como distribuí-la através do encontro das […]

Cura, curatela, cuidado e apoio

A autossuficiência é um efeito ilusório que deriva de movimentar-se nos limites da perspectiva do ego. Todos somos interdependentes e multideterminados. Não existe um “eu” sem a diversidade relacional que nos caracteriza e instituí. A condição de portar uma deficiência ou incapacidade é relacionada muitas vezes, de modo equivocado, a condição incurável de não poder […]

Lula, os pobres e os sádicos

O fenômeno mais importante e determinante na formação da sociedade brasileira é a escravidão. Segundo Jessé de Souza, disso decorre uma tradição extremamente perversa: o sadomasoquismo seletivo. Há os nascidos para infligir dor e os nascidos para suportar a dor. Existe no Brasil um sadismo difuso em relação ao corpo dos pobres e miseráveis. As […]

O que a propina compra?

A corrupção nas instituições do Estado brasileiro jamais foi um segredo. Do final do regime militar, do escândalo da mandioca, passando pelos governos Sarney, Collor, FHC, Lula, Dilma a imprensa sempre denunciou a corrupção de acordo com seus interesses. Não é possível que um chefe de redação e os setoristas que realizam a cobertura do […]

Genocídio

A miséria da moral O problema não é de falta de recursos. Nem a porra da dívida pública ou do déficit fiscal. Não se trata de falta de dinheiro. Muito menos, não sejamos hipócritas, de escassez. Não vivemos num contexto de atores racionais, disputando recursos insuficientes num mercado livre. O problema é que não podemos […]

O espectro do fascismo

Não há como o fascismo se constituir numa sociedade sem que antes uma visão proto fascista de mundo colonize a subjetividade, o senso comum e o imaginário coletivo. Reconhecer isso é reconhecer a multiplicidade que compõem o que chamamos de humanidade. Na potência de ser humano está suposta a latência e a eclosão intermitente dos […]