Marco Pires

Porto Alegre, RS

Membro desde: 14/03/2009

280 POSTS
3157 VOTOS

Sobre:

Sou professor de Ciências Sócio Históricas - Geografia - na EMEF Wenceslau Fontoura da SMED e Assessor da Área Técnica de Saúde Mental da SMS, ambos na PMPA.

Na área da saúde desde 1989, na Secretaria Municipal da Saúde desde 1998 e como professor do EJA desde de 2011, tenho especial interesse na articulação dos temas da coesão social, comunidade família, saúde mental e educação.

Com experiência em UTI neonatal, tenho alunos que foram meus pacientes quando nasceram prematuros no GHC. Na saúde mental trabalhei com reinserção social e reabilitação psicossocial em serviços substitutivos na rede de atenção à saúde mental.

Minha graduação é em Ciências Sociais pela UFRGS. Tenho pós graduação, também pela UFRGS, em Humanização da Gestão e da Atenção no SUS, além de experiência em Assessoria Institucional na área sindical.

Interesses:

Literatura

Teoria do Conhecimento

Filosofia

Exobiologia

Tanatologia

Ciência Política

Sociologia

Antropologia

Cinema: drama, documentário, comédia, ação, fantasia...

 

Formação:

Graduado em Ciências Sociais - UFRGS (2006);

Pós graduado em Humanização da Gestão e da atenção do SUS (2009)

Os erros do PT

O dogma da plenipotência e livre arbítrio de indivíduos ou coletividades mostra-se um mito auto benevolente. Gostamos de dividir o mundo entre o que controlamos e o que nos ultrapassa. O fato é que não vivemos num mundo parcial. O real é sempre a totalidade simultânea dos fenômenos. Assim, não podemos estar nem absolutamente, nem […]

A moral e o mundo das ideias.

A moralidade está impregnada em toda a extensão do discurso. Não podemos evitar o hábito de rotular nossas ações como moralmente ajustadas e corretas. Que todos façamos isso, mesmo quando nossas idéias e ações seguem cursos diferentes e, divergentes, serve apenas para atestar a relatividade do que afirmamos ser um absoluto. A moralidade, ao contrário […]

Universo Aquário

Como notou John Gray, se for para existir, a verdade terá que ser inumana. Falamos muito em realidade e ilusão. Quase sempre nossas certezas se fundam na constatação ou nas evidências dos erros alheios. Entendemos que a razão é como o pico de uma montanha. Um lugar de ar rarefeito onde poucos suportam viver. Geralmente […]

O ímpeto da violência e as sombras da alma.

"Eles" creem que o Deus todo poderoso criou o universo, a vida e eles mesmos. Sua fé lhes garante que todos os outros deuses são falsos e que os demais credos são erros. "Eles" têm certeza que, de tudo o que seu deus criou, apenas eles, os fiéis, terão a vida eterna e o paraíso. […]

A multiplicação das variáveis sensíveis: Integração no caos da diversidade.

Uma análise de cenário com base na recorrência de fenômenos ao longo da história é mais confiável que a mera adivinhação. Entretanto, a complexidade dos fenômenos sociopolíticos no século XXI é um complicador para a inferência de cenários com base em séries históricas. As crianças recém-nascidas não vão reconhecer o universo cultural dos irmãos mais […]

A Ética da Práxis.

O fundamento de políticas públicas, quando baseado nas noções de mérito, perfil, adequação de demanda, prioridades (e todo o tipo de justificativa para a exclusividade) é pendular. Segue os imperativos de uma ética baseada na escassez. Quando falamos em inclusão estamos pressupondo o fenômeno da exclusão como inerente ao sistema. A afirmação, nesse caso, é […]

Crise: O Impasse Local e a Geopolítica.

  O conjunto de interesses que se acomodam em torno das instituições brasileiras é diverso e contraditório. Algo se assemelha muito a ordem inerente ao caos. Nenhum especialista é capaz de prever qual dos possíveis desfechos irá se tornar realidade nas próximas semanas. Somente um distanciamento histórico, de caráter geopolítico pode dar ordem ao expor […]

O SUS e os poderes independentes da república: Obstáculos a universalidade e a igualdade.

O problema do acesso universal ao Sistema Único de Saúde (SUS) permite uma análise de como ocorre a reprodução das estruturas de desigualdade na sociedade brasileira. É interessante observamos como acontece a articulação entre o caráter patrimonialista de nosso Estado e os interesses privados, na corrosão dos princípios do SUS. O surgimento dos mercados é […]

Sem consenso, sem acordo.

  Uma análise do novo na velha crise brasileira.   As crises políticas no Brasil sempre se resolveram, historicamente, em acordos entre as elites. Havia, durante o último século da economia escravagista brasileira, um medo no ar em função da sublevação dos escravos ocorrida no Haiti em 1791. A grande população de escravos era uma […]

Os atos comunicativos eternizados em bancos de memória.

As mensagens em aplicativos como o WhatsApp seguem um curso triplo: – Saem de sua tela, depois que você digita. Aparece o ícone de um relógio se o tráfego de dados estiver lento. Ou, então, vão direto para o segundo pulo. – Aparece um “v” quando a mensagem chega ao servidor do aplicativo em alguma […]