WILIAM MACHADO

Três Rios, RJ

Membro desde: 04/01/2015

68 POSTS
618 VOTOS

Sobre:

Secretário Municipal do Idoso e da Pessoa com Deficiência de Três Rios/RJ. Enfermeiro. Doutor em Enfermagem pela UFRJ. Professor no Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGENF) e no Programa de Pós-Graduação em Saúde e Tecnologia no Espaço Hospitalar (PPGSTEH) do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro/UNIRIO. Rio de Janeiro/RJ, Brasil. Rua Silva Jardim, 5 – Centro – Três Rios/RJ – CEP: 25805160 – Tel: (24) 22555840. Fax: (24) 22553392. Email: wilmachado@uol.com.br Lattes http://lattes.cnpq.br/4087914502802277

Interesses:

Pesquisador da Saúde, Reabilitação e qualidade de vida de Idosos e Pessoas com Deficiência.

Formação:

Bacharel em Enfermagem e Obstetrícia. Escola de Enfermagem Alfredo Pinto. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO. Especialista em Administração Hospitalar. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC Rio. Mestre em Enfermagem Médico-Cirúrgica pela UNIRIO. Doutor em Ciências da Enfermagem pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ.

CONTRIBUIÇÃO SOBRE FLUXOS ENTRE REDE HOSPITALAR E REDE DE CUIDADOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

ARTIGO PUBLICADO NA CIÊNCIA & SAÚDE COLETIVA. CONFIRA EM: Alta hospitalar de clientes com lesão neurológica incapacitante: impreteríveis encaminhamentos para reabilitação. http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016001003161&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Machado Wiliam César Alves, Silva Vera Maria da, Silva Rafael André da, Ramos Ricardo Luiz, Figueiredo Nébia Maria Almeida de, Branco Elen Martins da Silva Castelo et al . Alta hospitalar de clientes […]

II ENCONTRO ESTADUAL DE ATENDIMENTO PEDAGÓGICO HOSPITALAR E DOMICILIAR

Dia: 11 de novembro de 2016 Local: UERJ – Campus Maracanã Horário: 9 horas Mais detalhes no cartaz

ATENDIMENTO PEDAGÓGICO HOSPITALAR E DOMICILIAR NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO.

Sabe-se que crianças, jovens e adultos precisam receber atendimento pedagógico hospitalar e domiciliar quando internadas por longos períodos para tratamento de doenças ou em reabilitação, evitando   comprometimento do seu rendimento e evolução escolar. Objeto imprescindível do ponto de vista lógico e de direitos fundamentais dos cidadãos, cuja disponibilidade nas instituições hospitalares e centros de reabilitação […]

EDUCAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA PÚBLICA NO COTIDIANO DO BRASILEIRO.

Considerados parâmetros de equilíbrio nas sociedades desenvolvidas, a educação de boa qualidade, excelência na oferta e estrutura de serviços públicos de saúde, além de confiável organização das estratégias de segurança pública, respaldam indicadores de qualidade de vida com admiráveis índices de desenvolvimento humano. São também princípios básicos que determinam a sensação de bem-estar nos membros […]

IMPLICAÇÕES DA OBSESSIVA BUSCA PELA DESFIGURAÇÃO DA IMAGEM CORPORAL: Uma questão de saúde pública.

Não sei ao certo o que acontece na mente doentia dos jovens e adultos que buscam desfigurar seus corpos, violando a harmonia anatômica da raça humana, na tentativa de mudar a estética da própria imagem corporal expressa em traços hereditários que a natureza lhes presenteou, com a Graça de Deus. Tudo na ânsia de se […]

PESQUISA DE MESTRADO – IMPLANTAÇÃO DE COMISSÃO DE PADRONIZAÇÃO DE MATERIAIS HOSPITALARES NO PREGÃO ELETRÔNICO DE HOSPITAL UNIVERSITÁRIO: Pré-Requisito para Controle de Qualidade.

EXAME DE QUALIFICAÇÃO MESTRADO PROFISSIONAL OBJETO: COMPRAS MATERIAIS HOSPITALARES EM PREGÃO ELETRÔNICO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE E TECNOLOGIA NO ESPAÇO HOSPITALAR – MESTRADO PROFISSIONAL   AUTOR: FABIO VILAS GONÇALVES FILHO   TÍTULO: IMPLANTAÇÃO DE COMISSÃO DE PADRONIZAÇÃO DE MATERIAIS […]

SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE E REABILITAÇÃO EM ANO ELEITORAL

É de domínio público que em momentos que antecedem mudanças nos rumos das gestões públicas nas três esferas de governo, no Brasil, a tendência é que prevaleçam mantidos programas que serviram de referência para as administrações em curso, por entender que sem eles a sociedade seria prejudicada no concernente aos atendimentos às maiores necessidades da […]

INTEGRAÇÃO OU INCLUSÃO? Significados e implicações político-sociais.

Muitos julgam ser desnecessário se preocupar com a colocação de uma ou outra palavra nos discursos e/ou documentos oficiais, sem se atentar com o que uma palavra mal colocada possa veicular no ponto de vista hermenêutico. Tanto no caso do uso na linguagem verbal quanto na elaboração de documentos oficiais, há que se refletir sobre […]

TRIAGENS DE PESSOAS COM LESÃO MEDULAR PARA ACESSO AOS PROGRAMAS ESPECIALIZADOS EM REABILITAÇÃO.

A lesão medular é um dos eventos mais impactantes na vida do ser humano, pois afeta tanto o sujeito envolvido quanto o binômio família/cuidador. Ocasiona déficit motor e sensitivo abaixo do nível da lesão e requer um processo de cuidado mais sensível e mais atento às necessidades individuais. Resultantes de traumas que incluem ferimentos por […]

BARREIRAS NO COTIDIANO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA: Reflexos da não adesão à reabilitação.

A Convenção das Nações Unidas sobre Direitos da Pessoa com Deficiência reconhece que a deficiência é um conceito em evolução e que resulta da interação entre pessoas com deficiência e os ambientes a elas inadequados. As barreiras também decorrem das atitudes que impedem a plena e efetiva participação dessas pessoas na sociedade em igualdade de […]