FILOSOFIA DE VIDA E O TEMPO DO NATAL

13votos

Hoje quero abrir os olhos para a vida

Quero despertar para outros mundos

Quero apreender valores

Que me tornem mais humano

E me levem a ser melhor

 

Quero me sentir motivado

A rejeitar os preconceitos

E superar os que já tenho

Quero ter a sensibilidade

De entender o outro

E ser um facilitador

Nunca um complicador

 

Quero ser uma trilha

Nunca um beco sem saída

Uma ponte

Nunca uma ilha

 

Quero ter o necessário para viver

Sem, contudo, explorar ninguém

Nem me deixar explorar

 

Quero me esforçar para ser justo

Mesmo vivendo numa sociedade

Fundamentada na injustiça

Quero saber dar valor à vida

Nunca banalizá-la

E nem me deixar levar pela violência

 

Quero ter a coragem de rejeitar

E denunciar toda cultura de morte

Tudo que agride a vida

Quero aprender a ser solidário e fraterno

Quero desaprender o egoísmo e o desamor

Quero olhar sempre a vida de frente

Andar com passos firmes na direção do futuro

Quero olhar o passado e dele tirar ensinamentos

Para que o presente seja com maior acerto

 

Quero enfim, manifestar a minha humanidade

Valorizando o SER

Partilhando o ter e o SABER

Repartindo o pão para gerar mais pão

E participando com toda energia

Do grande banquete da vida

 

São estes propósitos que me embalam a reflexionar sobre o Natal buscando recuperar em mim e enxergar no universo os valores e o sentido de Nascimento, renovação e comunhão. Na perspectiva do nascimento é possível resgatar o universo-criança que há em todos nós. O universo-criança aponta-nos o sentimento de renovação permanente que devemos perseguir nesta nossa caminhada existencial. A renovação faz parte da nossa razão de existir, posto que existir é fundamentalmente o ato de renovar-se a cada momento. São as atitudes proativas, generosas, acolhedoras e carregadas de humanidade que produzem a verdadeira comunhão: de idéias e de ações que traduzem a esperança da luta pela vida. Holisticamente, que o nosso Natal seja luz e energia limpa, que para além do consumo banal sejamos estrelas que fazem o universo brilhar!
 
Novo tempo
Nova vida
Na plenitude do Natal
O amor se faz partilha
De um presente sem igual
 
É Natal do Senhor Jesus
Tempo de festa em que a vida reluz
 
É Natal de amor e luz
Tempo de festa em que a vida reluz!
 
Feliz Natal! 2011 com muita saúde para todos e todas!
 
Acolham esta mensagem com o nosso desejo profundo de Boas Festas e de Saúde e Paz em 2011!

Elias José da Silva – Educador popular, poeta e coordenador do Programa Cirandas da Vida.