Mostra fotográfica do HumanizaSUS é sucesso em Barbacena

9 votos

 Exposição De Volta para Casa mobiliza a cidade mineira onde foi produzida


 


A exposição fotográfica do Programa De Volta para Casa esteve de três a seis de abril na cidade onde foram tiradas as fotos, Barbacena – MG. As imagens dos pacientes, egressos de internação do hospital psiquiátrico da cidade, retratam a transformação do cuidado em saúde mental, refletido também no cotidiano desses pacientes enquanto cidadãos.


 


A mostra é uma iniciativa da Política Nacional de Humanização em parceria com a área de Saúde Mental e a Coordenação Geral de Documentação e Informação do Ministério da Saúde para trazer a tona a realidade dos beneficiários do Programa De Volta para Casa., que já incluiu mais de 2600 pessoas. Esse programa teve início em 2003 e busca a inserção social de ex-internos de hospitais psiquiátricos incentivando a organização de uma rede de recursos assistenciais e cuidados, facilitando o convívio social e assegurando bem-estar global e o exercício de seus direitos.


 


Em Barbacena, a mostra foi inserida na programação do evento anual da cidade, o Festival da Loucura, montado numa estrutura em forma de circo e com vários ambientes e foi visitada por aproximadamente três mil pessoas. De acordo com a assistente social e coordenadora das residências terapêuticas de Barbacena Leandra Vidal, a mostra contou com a presença dos fotografados e surpreendeu o público, que identificava o morador na foto e ao vivo, havendo troca de informações sobre essa experiência. “A sensibilidade e alegria dos ex-pacientes em se verem retratados em um outro momento de suas vidas foi algo admirado e percebido por todos. ” afirma.


 


As imagens captadas pela lente de Radilson Carlos Gomes deram um significado especial a essa nova forma de cuidar no SUS e reconheceram o trabalho realizado em Barbacena junto à desinstitucionalização, ultrapassando os limites do município e servindo de modelo para o Brasil. Houve também um despertar da curiosidade dos visitantes sobre o processo de inclusão dos ex-internos e mobilização de escolas e faculdades que trabalharam o tema através de seminários, palestras, peças de teatro, música e brincadeiras.


 


“A sensibilidade do fotógrafo em retratar o cotidiano dos moradores foi o diferencial que fez com que a exposição não se reduzisse a uma simples mostra de retratos” relata Vidal. A mostra atualmente é gerida pelo Centro Cultural da Saúde- CCS e foi inaugurada no segundo semestre de 2007 no Palácio do Planalto, em Brasília-DF, passando pela Feira Nacional de Ciência e Tecnologia da capital e também por Maceió- AL, Aracajú-SE e Recife- PE. Internacionalmente, a mostra ocupou por três meses as salas da Stony Brook University, em Nova York.


 


A próxima parada da Exposição De Volta Para Casa é a cidade de Porto Alegre- RS, a partir do dia 09 de maio, na Usina do Gasômetro. Visite o site da Mostra Fotográfica do Programa De Volta Para Casa: http://www.ccs.saude.gov.br/memoria%20da%20loucura/vpc/index.html