CHAMADA PÚBLICA: 40 anos do Movimento LGBT no Brasil: Comunicação, Saúde e Direitos Humanos

5 votos

Reciis prorroga até o dia 08/02 o prazo para submissão de trabalhos sobre diversidade sexual e de gênero

Até o dia 08 de fevereiro! Este é o novo prazo para pesquisadores desta temática submeterem trabalhos ao dossiê 40 anos de Movimento LGBT no Brasil: Comunicação, Saúde e Direitos Humanos na Revista Eletrônica de Comunicação, Informação e Inovação em Saúde (Reciis), editada pelo Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict) da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A prorrogação se deve aos problemas de rede na Fiocruz ocorrido nos últimos dias.

De acordo com o editor convidado para o dossiê, Vinicius Ferreira, refletir sobre as questões relacionadas à diversidade sexual e de gênero na história passa fortemente pelo campo da saúde, principalmente, nas definições sobre o que é doença. “No início do século XX havia um discurso que incorporava os homossexuais e as dissidências sexuais como desvio e como doença mental. No entanto, a partir da segunda metade do século, pesquisadores, movimentos e sociedade contribuíram para tirar as diferenças sexuais e de gênero do lugar da doença”, destaca.

Vinicius ressalta, porém, que a discussão de gênero se inscreve num campo em constante disputas. Com grande participação do movimento LGBT, houve um avanço no tratamento HIV/AIDS na saúde pública, “mas é preciso melhorarmos o acolhimento das pessoas trans no SUS, por exemplo”. Numa perspectiva social mais ampla, na qual a saúde se insere, Vinicius destaca que os tabus e mitos sociais ainda baseados em dogmas religiosos e preceitos morais impossibilitam a qualidade de vida da população LGBT.

A RECIIS é um periódico interdisciplinar trimestral de acesso aberto, revisado por pares e sem ônus para o autor. Publica textos inéditos e em fluxo contínuo de interesse para as áreas de comunicação, informação e saúde, em português, inglês ou espanhol.

Vinicius Ferreira é jornalista pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), mestre e doutorando em Comunicação e Cultura pela Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (ECO/UFRJ). Desenvolve pesquisas sobre história do jornalismo, gênero, imprensa homossexual. Organizou o livro “Estudos em gênero: uma perspectiva multidisciplinar” (com Thiago Silveira e Socorro Baptista).

Para dúvidas e mais informações: reciis@icict.fiocruz.br ou pelo messenger da nossa página do facebook: https://www.facebook.com/ReciisIcictFiocruz/