Entrevista Do que vem antes … para a Rede Humanizasus!

11votos

O documentário Do que vem antes foi apresentado na abertura da VI Mostra Estadual de Humanização de Santa Catarina em uma avant premier que aconteceu dia 10 10 2017 na UNISUL, Pedra Branca em Palhoça SC.

Este vídeo conta a experiência de humanização do Centro de Saúde do Idoso de Blumenau SC.

Na ocasião,  o Médico do Serviço Mario Henrique Kato estava na mesa de abertura falando sobre a Clínica ampliada, como dispositivo ativador da humanização no sentido da garantia da integralidade no SUS.

E aproveitamos a oportunidade para entrevistá-lo, juntamente com a Coordenadora do Serviço (CSI)  Enfermeira Mara Rubia Rutzen.

Porém, mais que uma série de perguntas, este momento me fez viver emoções múltiplas, que gostaria de compartilhar com esta rede. Emoções estas que estão atravessadas pelo sentido de pertencimento desta história, seja por morar em Blumenau, ser editora da Rede Humanizasus e de estar orgulhosa deste SUS que dá certo! De confirmar minhas convicções de que a humanização não é só discurso e, sim um política pública, que se implementada em seus muitos princípios e diretrizes, fazem a diferença para gestores, trabalhadores e usuários e revela um SUS possível e democrático.

Num misto de ansiedade e emoção, vi a ideia de registrar este momento, valorizar o trabalho e compartilhar com vocês, me transformar em uma repórter cheia de questões e sem medo da exposição.

Nada muito planejado, tudo muito espontâneo e afetuoso. Foi um momento intenso, que espero ter conseguido passar a vocês um pouco mais dos bastidores deste trabalho, da seriedade com que esta equipe o realiza e, ao mesmo tempo, outras riquezas que talvez o tempo já tenha deixado na memória do vivido e mostrado no documentário tão sensível.

O que mais gostei de ter realizado esta entrevista foi saber de coisas que parecem pequenas, mas que na verdade são grandiosas, como o fato dos usuários do serviço, que aparecem no documentário, terem assistido suas performances, por indicação da Mara. E neste momento, mais uma vez , me faz acreditar que vale a pena viver a humanização!

Obrigada a toda a equipe do Centro de Saúde do Idoso, em especial aos queridos Mara e Mário pela generosidade com que responderam as indagações.

Obrigada a Coordenação Estadual de Humanização de Santa Catarina por terem incluído o documentário na programação do evento.

Grande abraço Patrícia