“NÃO ESTOU BEM CERTO SE AINDA VOU SORRIR SEM UM CRAVO DE AMARGURA” ou “OS ASSASSINOS DOS ASSASSINADOS”

12votos

 

A execução covarde que ceifou duas vidas e acertou o coração de todos aqueles que defendem a vida digna de ser vivida, seja de quem quer que for,
Continuou noite a dentro e o dia todo em postagens que também eram uma execução daqueles que insistiam que Marielle defendia bandidos e na apropriação da morte dela para justificar ainda mais a necessidade desta intervenção que ela execrava e que vigiava de perto por sabê-la equivocada e equivocante.
Sim, ela defendia bandidos que como todos nós que protestamos hoje a sua morte, no Brasil e no mundo, continuaremos defendendo em nome dos direitos humanos. Somos todos marginais que os direitos humanos defendem de vocês religiosos, moralistas, cidadãos do bem, defensores da família e interventores do bem que festejam extermínios e querem mortos todos aqueles que ameaçam a sua hipocrisia nojenta,
Todos vocês apertam o gatilho que mata favelados, mulheres, negros,LGBTS, índios, moradores de ruas, sem tetos, refugiados, prostitutas, drogadictos e toda a escória de gente imunda minoritária que encarnamos em nossa luta e a quem você teme que contamine sua santidade, já corroída do mais pusilânime verme existente: o preconceito assassino.
Você em sua santidade pura de cidadão do bem protegido em seu aquário azul é também assassino e executor covarde de todas as vidas ceifadas em cada bala perdida e em cada execução sumária.
Diante do tribunal superior sua santidade aparecerá manchada de sangue e não se assuste se o bandido ao lado seja aquele que Aquele que você chama de Pai salve na última hora, como fez Seu Filho na cruz.
“Minha palavra é pedra de tropeço, quem tenta seguir cairá”, pois a palavra que vale não é aquela que a boca diz e não segue, mas a palavra viva que, sem temer o risco da condenação e da morte, vive e luta por todos aqueles que querem a vida plena e abundante que foi prometida a todos que pegam a sua cruz e O seguem.
“Sua piscina está cheia de ratos, suas ideias não correspondem aos fatos e o tempo não pára”…

AGORA MAIS DO QUE NUNCA, NÃO NOS CALAREMOS!