Sobre:

Graduação em Enfermagem pela Universidade Estadual do Ceará (1980), Mestrado (1996) e Doutorado (2002) em Enfermagem Psiquiátrica USP - Ribeirão Preto. Atualmente é Professor Associado do Departamento e Curso de Graduação em Enfermagem e do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem - PGENF/UFRN, orientador do Mestrado Acadêmico e Doutorado. Experiência na área de Enfermagem, com ênfase nas ações promocionais e de atenção em Saúde Mental Ee Saúde Coletiva e Enfermagem Psiquiátrica na Saúde do Adulto no Contexto da Clínica Ampliada a grupos e populações humanas, atuando principalmente nos seguintes temas: referencial teórico-metodológico das Representações Sociais; formação de recursos humanos incluindo EAD; políticas públicas de saúde, educação e segurança; extensão e pesquisa de abordagem qualitativa e quantitativas com predomínio dos recursos gráficos, sexualidade humana, cotidiano e procedimentos projetivos gráficos; relações interpessoais nos encontros humanos; mixed methods. Consultor ad hoc de periódicos indexados nacionais e internacionais do QUALIS/CAPES. Avaliador do INEPE/SINAES/DAES. Pesquisador CNPq. Membro dos grupos de Pesquisa-Diretório de Grupos - CNPq: NUPRI-Núcleo de Ensino e Pesquisa das Relações Interpessoais - EERP-USP; Enfermagem Clínica - UFRN; Grupo de Pesquisa: Ações promocionais de atenção a grupos humanos em saúde mental e saúde coletiva. Exerceu a Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem-PGENF-UFRN (2010-2012 e 2012-2014)

Grupo de Pesquisa – AÇÕES PROMOCIONAIS E DE ATENÇÃO A SAÚDE MENTAL E SAÚDE COLETIVA

                                                    Este grupo integra a área de concentração “Enfermagem na atenção a saúde” fortalecendo a Linha de Pesquisa – Enfermagem, Saúde Mental e Saúde Coletiva do Programa de Pós-Graduação em […]

Repercussões da Terapia Comunitária no Processo de Trabalho na Estratégia Saúde da Família: um estudo representacional

SOBREIRA. M. V. S. Repercussões da Terapia Comunitária no Processo de Trabalho
na Estratégia de Saúde da Família: um estudo representacional. 2009. 137 p. Dissertação
(Mestrado). Centro de Ciências da Saúde, Departamento de Enfermagem, Universidade
Federal do Rio Grande do Norte.
RESUMO
A Terapia Comunitária (TC) constitui-se em uma prática de efeito terapêutico, podendo ser
também considerada como uma tecnologia leve de cuidado de procedimento terapêutico
grupal, cuja finalidade é a promoção da saúde, a prevenção do adoecimento, desenvolvida

OFICINAS TERAPÊUTICAS COMO INSTRUMENTO DE REABILITAÇÃO PSICOSSOCIAL: PERCEPÇÃO DE FAMILIARES

As oficinas terapêuticas permitem a possibilidade de projeção de conflitos internos/externos por meio de atividades artísticas, com a valorização do potencial criativo, imaginativo e expressivo do usuário. Objetivou-se identificar a percepção dos familiares sobre as oficinas terapêuticas desenvolvidas. Pesquisa descritiva, com delineamento qualitativo, desenvolvida nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) de Natal-RN, entre agosto e setembro de 2007. Foram entrevistados 28 familiares que participavam regularmente dos serviços. Os familiares destacaram o impacto positivo dos CAPS em suas trajetórias de tratamento e de vida, na melhoria da harmonia familiar. Sobre

I SIMPÓSIO INTERDISCIPLINAR DE SAÚDE LGBT DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

De modo geral, grupos socialmente menos privilegiados apresentam maior risco de adoecimento e de mortalidade do que os grupos mais privilegiados. As condições de saúde estão fortemente relacionadas ao padrão de desigualdades existentes na sociedade. Sexualidades são dimensões organizadoras de relações sociais e, portanto, produzem desigualdades. Reconhece-se que os processos discriminatórios contra Lésbicas, Gays, Bissexuais, […]

DEFESAS PÚBLICAS – DOUTORADO & MESTRADO ACADÊMICO – PGENF/UFRN 2015

​Grupo de Pesquisa: Ações promocionais e de atenção a grupos humanos em saúde mental e saúde coletiva. Certificação Diretório de Grupos-CNPq: https://dgp.cnpq.br/diretorioc/fontes/detalhegrupo.jsp?grupo=0337404EOV5Z8G

NO HABITUS DO ANTIGO HOSPITAL COLÔNIA – REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA HANSENÍASE

Objetivo: Apreender as representações sociais da hanseníase para o ex-doente do Hospital Colônia Getúlio Vargas, Bayeux/PB. Método: Estudo de abordagem qualitativa e representacional. Resultados: O habitus foi definido através do tempo longo e o tempo vivido na construção de comportamentos situacionais e das diversidades. O contexto asilar é revelado através do tempo. Na esfera da […]

I Simpósio Interdisciplinar de Saúde LGBT – UFRN

  De 11 a 13 de novembro de 2015 – Departamento de Enfermagem e Escola de Saúde – Universidade Federal do Rio Grande do Norte Realização: Grupo de Pesquisas Ações Promocionais de Atenção a Grupos Humanos em Saúde Mental e Coletiva Após o preenchimento do formulário e envio eletrônico, o participante deverá realizar pagamento da […]

SEMINÁRIO INTER DISCIPLINAR DOCÊNCIA NA SAÚDE

  O Curso de Especialização em Docência na Saúde destina-se aos professores do ensino superior inseridos na docência em saúde em Instituições do Ensino Superior (IES) como forma de garantir as competências e habilidades profissionais específicas nas Diretrizes Curriculares Nacionais (exceto os curso que não dispõe), cujo objetivo geral propõe: qualificar docentes da área da […]

Pesquisa de AIDS feita no Brasil é eleita principal descoberta de 2011

Maior descoberta de 2011 A revista norte-americana Science, uma das mais prestigiadas publicações científicas do mundo, publicou um ranking das dez maiores inovações de 2011. A campeã é a pesquisa HPTN 052 que, no Brasil, foi realizada pelo Grupo Hospitalar Conceição (GHC), em Porto Alegre, e coordenada pelo Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas (Ipec/Fiocruz), […]