Sobre:

Missão Ser uma instituição comprometida com a saúde, prestando serviços de excelência para a melhoria na qualidade de vida do cidadão. A construção do Hospital Regional iniciou em fevereiro de 1982. Sua inauguração ocorreu em 30 de outubro de 1986, com funcionamento inicial de 60 leitos. A administração foi transmitida pelo então governador do Estado Esperidião Amin no seu primeiro mandato, ao Padre Niversindo Querubim, representando a Beneficência Camiliana do Sul. Consta nos registros do Hospital que o Prefeito da época era Ledônio Migliorini e o Primeiro Diretor Clínico o médico José Aymone Neto. Assumiu o cargo de Diretor Geral Cleber José do Nascimento, no período de 1986 à 1989, após o cargo foi repassado para Sebastião Neres, até o ano de 1990. A transferência administrativa para a Sociedade Beneficente Lar da Fraternidade (SBLF), ocorreu em 27 de agosto de 1990. A SBLF foi reconhecida como de utilidade pública em 30 de abril de 1993. Conforme os estatutos sociais consolidados, a SBLF constitui-se como sociedade civil fundada em 24 de maio de 1971, com prazo de duração indeterminado, visando o benefício da comunidade, através de prática filantrópica, sem fins lucrativos. Em 12 de outubro de 1997 o Governo do Estado de SC, criou o Conselho de Administração do Hospital Lenoir Vargas Ferreira. Este era presidido pelo Secretário Adjunto da Saúde. O Conselho foi composto pelos seguintes membros: 3 representantes do SES (Secretaria Estadual da Saúde), 3 representantes do Corpo Clínico do Hospital, 3 representantes dos Funcionários e um representante de cada micro-região. Esse Conselho desenvolveu uma análise do Perfil Técnico Administrativo do Hospital, concluído em novembro de 1997, com o objetivo de adequar de fato o HRO, como referência Regional do Oeste. Uma vez concluídas as análises o Conselho iniciou a transição da Sociedade Beneficente Lar da Fraternidade para o Consórcio Regional de Municípios. O Consórcio Regional de Saúde do Hospital Lenoir Vargas Ferreira passou a administrar o Hospital Regional do Oeste (HRO), já com a nova denominação, em primeiro de janeiro de 1998. Possui reconhecimento como de utilidade pública, conforme Lei nº 3796 de 04 de dezembro de 1997, inscrição no CGC 02.122.913/0001-06. Atualmente, o HRO é administrado pela Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira. Localização O Hospital Regional Senador “Lenoir Vargas Ferreira” – Hospital Regional do Oeste – HRO, administrado Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira, está localizado no município de Chapecó à 670 Km de Florianópolis, atendendo 92 municípios da Região Oeste, 26 municípios do Paraná e Rio Grande do Sul num total de aproximadamente 1.000.000 habitantes. Sendo que a cidade de Chapecó é a mais representativa com 140.000 habitantes, e que pela localização geográfica usufrui da maioria dos serviços ofertados. Endereço: Rua Florianópolis, 1448-E Bairro: Esplanada CEP: 89812-021 Chapecó – SC

Interesses:

Promover a humanização em todos os serviços prestados pelas instituiçoes. A partir do desenvolvimento de ações voltadas para a promoção do aleitamento materno, o Hospital Regional do Oeste conquistou em 1998 a classificação de Hospital Amigo da Criança. O título é um reconhecimento do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e da Organização Mundial da Saúde (OMS) aos hospitais e maternidades que possuem, entre outras exigências, normas escritas sobre o aleitamento materno, treinam seus funcionários, prestam informações às gestantes sobre a importância do leite materno e priorizam o alojamento conjunto permitindo que mãe e filho permaneçam juntos 24 horas por dia. Com o recebimento do título, o Hospital Regional do Oeste implantou comissões permanentes de incentivo ao aleitamento materno. Hoje, todas as mães tem acesso às informações necessárias para uma boa utilização do leite materno, o principal alimento da criança nos primeiros meses de vida. Para garantir isso, o HRO mantém um programa de treinamento dos funcionários. Esse treinamento acontece periodicamente e envolve todos os servidores do hospital. O resultado do trabalho é a visível melhoria na qualidade de vida dos 250 bebês que nascem aqui todos os meses. A partir do momento em que o HRO adotou a metodologia exemplificada pelo aleitamento materno, o índice de internação hospitalar no pós-parto reduziu sensivelmente, colaborando assim no controle da mortalidade infantil. O que é a Iniciativa Hospital Amigo da Criança A iniciativa Hospital Amigo da Criança foi idealizada em 1990 pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para promover, proteger e apoiar o aleitamento materno. O objetivo é mobilizar os funcionários dos estabelecimentos de saúde para que mudem condutas e rotinas responsáveis pelos elevados índices de desmame precoce. Para isso, foram estabelecidos os Dez Passos para o Sucesso do Aleitamento Materno. Ao assinar, em 1990, a Declaração de Innocenti, em encontro em Spedale degli innocenti, na Itália, o Brasil, um dos 12 países escolhidos para dar partida ao Amigo da Criança, formalizou o compromisso de fazer dos Dez Passos uma realidade nos hospitais do país. Em março de 1992, o Ministério da Saúde e o Grupo de Defesa da Saúde da Criança, com o apoio do Unicef e da OPS (Organização Pan-Americana de Saúde) deram os primeiros passos. A IHAC soma-se aos esforços do Programa Nacional de Incentivo ao Aleitamento Materno, coordenado pelo Ministério da Saúde para: – informar profissionais de saúde e o público em geral; – trabalhar pela adoção de leis que protejam o trabalho da mulher que está amamentando; – apoiar rotinas de serviços que promovam o aleitamento materno; – combater a livre propaganda de leites artificiais para bebês, bem como bicos, chupetas e mamadeiras. Os Dez passos para promover o aleitamento materno 1. Ter uma norma escrita sobre aleitamento materno, que deveria ser rotineiramente transmitida a toda a equipe de cuidados de saúde; 2. Treinar toda a equipe de cuidados da saúde, capacitando-a para implementar esta norma; 3. Informar todas as gestantes sobre as vantagens e o manejo do aleitamento materno; 4. Ajudar as mães a iniciar a amamentação na primeira meia hora após o parto; 5. Mostrar às mães como amamentar e como manter a lactação, mesmo se vierem a ser separadas de seus filhos; 6. Não dar a recém-nascidos nenhum outro alimento ou bebida além do leite materno, a não ser que seja indicado pelo médico; 7. Praticar o alojamento conjunto – permitir que mães e bebês permaneçam juntos 24 horas por dia; 8. Encorajar o aleitamento materno sob livre demanda; 9. Não dar bicos artificiais ou chupetas a crianças amamentadas ao seio; 10. Encorajar a formação de grupos de apoio à amamentação para onde as mães devem ser encaminhadas, logo após a alta do hospital ou ambulatório.

Formação:

Bacharel em Psicologia pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (UNOCHAPECÓ) em 2007. Pós graduação em Gestão de Pessoas (UCEFF), 2009. Atuou como Psicologa Organizacional na Relatec Assessoria e Consultoria e Comunicação (2008-2012). Avaliadora de processos de admissão do curso de piloto do Aeroclube de Chapecó (2011-2012). Consultora em Psicologia Organizacional ( Chapecó Materiais Elétricos Ltda; Chapecó Automação Industrial; Transforma). Psicóloga Organizacional na Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira (AHLVF) desde 2011; atuando como Membro da Comissão de Humanização desde de 2011(Coordenadora desde janeiro de 2014); membro da Educação Permanente desde 2011. Membro da Coordenação Hospitalar de Captação e Transplante de órgãos desde 2012 a 2016. Membro da Comissão de Integração Ensino e Serviço do Extremo Oeste Catarinense desde de fevereiro de 2014 a 2016. Secretaria da COREME - Residência Médica Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira 2013, Membro da Comissão do Hospital Ensino da Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira. Orientadora Local de Estagio Supervisionado de Acadêmicos de Psicologia Organizacional e do Trabalho desde 2012.

RECICLAGEM DE CONHECIMENTOS HRO E HC

Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira (AHLVF), entidade filantrópica que administra o Hospital Regional do Oeste (HRO Chapecó), Hospital Nossa Senhora da Saúde (HNSS Coronel Freitas) e Hospital da Criança (HC Chapecó), mantém estratégias e programas que visam segurança e bem estar dos pacientes. Para tanto promove e disponibiliza ao quadro profissional ciclos, oficinas e atividades […]

AMAMENTAÇÃO: UM GANHO PARA TODA A VIDA!

    Na data de 01 à 07 de Agosto de 2014, Hospital Regional do Oeste e Hospital Materno Infantil, comemoraram a Semana Mundial do Aleitamento Materno: AMAMENTAÇÃO: UM GANHO PARA TODA A VIDA! A Semana Mundial da Amamentação é Coordenada pela Aliança Mundial para Ação em Aleitamento WABA, responsável pelas organizações e redes dedicadas […]

“FUMAR NEM PENSAR – PROGRAMA DE CONTROLE PREVENÇÃO AO TABAGISMO”

“FUMAR NEM PENSAR – PROGRAMA DE CONTROLE PREVENÇÃO AO TABAGISMO”   Entender por que se fuma e como isso afeta a minha  saúde:   Deixando de fumar sem mistérios   Realização: Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira- Hospital Regional do Oeste Comitê Coordenador: Dalva Tedesco Motta- Núcleo Hospitalar de Epidemiologia Edione Vial – Psicóloga Eloá Cassaro – […]

Resultados de um grande curso!

Desde a última quarta-feira 15, está sendo realizada no Centro de Estudos do Hospital Regional do Oeste (HRO), a Primeira Semana de Urgência e Emergência. Mais de 80 profissionais das áreas de Medicina e Enfermagem, oriundos de diversas instituições de saúde do grande Oeste estão participando do evento. Trata-se de uma iniciativa da Associação Hospitalar […]

Cuidar de Quem Cuida

1- IDENTIFICAÇÃO   1.1 Nome da Proposta: Cuidar do Cuidador/Humanização   Área Temática: Trabalho e Humanização   1.3 Caracterização da Atividade: Humanização na Gestão Hospitalar, Educação na Saúde Formação e Produção de Conhecimento   1.4 Centro responsável pela Proposta: Comissão de Humanização   1.5 Público alvo: Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira   1.6 Coordenador geral […]

Plano de Ação

No dia 07/04/2014 a Comissão de Humanização da Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira encontrou-se para discutir o Plano de Ação para 2014 o qual começou as suas atividades no mês de janeiro deste ano. Aproveitou-se a Semana Nacional de Humanização para discutir e rever os projetos os quais já estão em andamento e os demais […]

0 Pensamento e suas influências na vida do ser humano

A Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira, buscando oferecer uma assistência a saúde de qualidade, sempre comprometida com os interesses sociais, firma-se como referência em serviços de alta complexidade na região; reforçando seu comprometimento com a população, quando se propõem a qualificar os serviços prestados através da formação de seus colaboradores. Neste sentido em comemoração a […]

III Jornada de Neurocirurgia- HRO

Mais uma vez a Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira com o objetivo de melhorar e qualificar seus profissionais, comunidade acadêmica e demais profissionais esta com evento de Neurocirurgia programado para dia 06/11/2014, segue folder com informações.

Ebola: profissionais do HRO participaram da capacitação

Mais de 80 profissionais de saúde participaram entre os dias 13 a 20 de outubro de capacitação em atendimentos a pacientes suspeitos ou contaminados pelo vírus Ebola. O HRO através do Núcleo hospitalar epidemiologia e o Serviço Controle de Infecção proferiu palestra através do médico infeciologista Hugo Noal e o enfermeiro Paulo César da Silva, […]

II Simpósio de Prevenção de Acidentes e Violência na Infância

    Oriundos de diversos municípios Catarinenses, mais de 300 profissionais de diversas áreas, como saúde, acadêmicos de diversos cursos, e demais profissionais interessados participaram do II Simpósio de Prevenção de Acidentes e Violência na Infância. O evento foi promovido pelo Hospital da Criança de Chapecó, com apoio do Hospital Regional do Oeste, Unochapecó, Pró-Saúde […]