Marco Pires

Porto Alegre, RS

Membro desde: 14/03/2009

280 POSTS
3157 VOTOS

Sobre:

Sou professor de Ciências Sócio Históricas - Geografia - na EMEF Wenceslau Fontoura da SMED e Assessor da Área Técnica de Saúde Mental da SMS, ambos na PMPA.

Na área da saúde desde 1989, na Secretaria Municipal da Saúde desde 1998 e como professor do EJA desde de 2011, tenho especial interesse na articulação dos temas da coesão social, comunidade família, saúde mental e educação.

Com experiência em UTI neonatal, tenho alunos que foram meus pacientes quando nasceram prematuros no GHC. Na saúde mental trabalhei com reinserção social e reabilitação psicossocial em serviços substitutivos na rede de atenção à saúde mental.

Minha graduação é em Ciências Sociais pela UFRGS. Tenho pós graduação, também pela UFRGS, em Humanização da Gestão e da Atenção no SUS, além de experiência em Assessoria Institucional na área sindical.

Interesses:

Literatura

Teoria do Conhecimento

Filosofia

Exobiologia

Tanatologia

Ciência Política

Sociologia

Antropologia

Cinema: drama, documentário, comédia, ação, fantasia...

 

Formação:

Graduado em Ciências Sociais - UFRGS (2006);

Pós graduado em Humanização da Gestão e da atenção do SUS (2009)

Direitos dos usuários do SUS

As pessoas têm muita dificuldade de percepção em relação ao direito representado pelo investimento que se faz em saúde no Brasil e no mundo. Não se tem noção do que sejam os cerca de 65 Bilhões de Reais investidos neste ano no setor, nem do que significaria aumentar este valor para 100 ou 150 Bilhões […]

Acolhimento e Vínculo

Acolhimento Em 1990 estive em Porto Alegre pela primeira vez para conhecer a cidade e o mercado de trabalho para Auxiliares de Enfermagem. Naqueles tempos eu estava com 19 anos de idade e trabalhava no Hospital São Vicente de Paulo em Cruz Alta. Os salários e as condições de trabalho eram bem melhores na capital […]

Modelos e técnicas de atenção e gestão – tecnoassistenciais

Fragmentos do debate sobre modelos tecnoassistenciais: 1. Regionalização Vi uma conexão entre o acidente dos pacientes de carazinho e a crise dos hospitais da ULBRA. Ou seja, com a regionalização o mercado em Porto Alegre pode se reduzir. Ele é tão grande que se 10% da ambulancioterapia acabar já é motivo para fechar um hospital […]

Política de Saúde no Brasil e nos EUA

“Sicko – S.O.S. Saúde” do Diretor Michael Moore, onde é apresentado um panorama sobre o sistema de saúde pública nos Estados Unidos da América. A grande questão em “Sicko” é o grau de consistência do comportamento do eleitorado em relação às questões de saúde em uma sociedade democrática, individualista e paradoxalmente muito controlada como é […]

O Anti-taylor

O anti-taylor No texto de Gastão vemos a descrição de um método de gestão inovador que se propõe a conjugar eficiência e democracia. Buscando separar o egoísmo e narcisismo que impregnam os conceitos de auto-gestão, se apresenta uma alternativa que autor chama de uma co-gestão. Nesta forma de gerenciar as ações de saúde o eixo […]

Comentário sobre o Texto de Ricardo Teixeira: “As rede de trabalho afetivo e a contribuição para uma outra concepção de público”

Comentário sobre o texto de Ricardo R. Teixeira Vou começar pela parte que mais gostei do texto: “Microfísica do vínculo: uma leitura espinosiana”. Espetacular. O autor se despe da pompa acadêmica apoiado na autoridade dos escritos de Espinosa e manda ver na dinâmica visceral dos encontros entre usuários e trabalhadores no cotidiano do SUS. Introduzindo […]