Marco Pires

Porto Alegre, RS

Membro desde: 14/03/2009

297 POSTS
3259 VOTOS

Sobre:

Sou professor de Ciências Sócio Históricas - Geografia - na EMEF Wenceslau Fontoura da SMED e Assessor da Área Técnica de Saúde Mental da SMS, ambos na PMPA.

Na área da saúde desde 1989, na Secretaria Municipal da Saúde desde 1998 e como professor do EJA desde de 2011, tenho especial interesse na articulação dos temas da coesão social, comunidade família, saúde mental e educação.

Com experiência em UTI neonatal, tenho alunos que foram meus pacientes quando nasceram prematuros no GHC. Na saúde mental trabalhei com reinserção social e reabilitação psicossocial em serviços substitutivos na rede de atenção à saúde mental.

Minha graduação é em Ciências Sociais pela UFRGS. Tenho pós graduação, também pela UFRGS, em Humanização da Gestão e da Atenção no SUS, além de experiência em Assessoria Institucional na área sindical.

Interesses:

Literatura

Teoria do Conhecimento

Filosofia

Exobiologia

Tanatologia

Ciência Política

Sociologia

Antropologia

Cinema: drama, documentário, comédia, ação, fantasia...

 

Formação:

Graduado em Ciências Sociais - UFRGS (2006);

Pós graduado em Humanização da Gestão e da atenção do SUS (2009)

PNH – avaliação do per(curso)

Avaliação do per(curso) Tenho tido uma experiência muito gratificante com o curso de Pós-graduação de formação de apoiadores da PNH. Nas primeiras aulas, nos encontros presenciais, bate-papos “on line”, nos momentos de leitura, reflexão e escrita, me preocupava com o retorno que deveria apresentar a este investimento que o Ministério da Saúde, e os usuários […]

Atenção em saúde mental

TECNOLOGIA DE PONTA EM ATENÇÃO A SAÚDE: UM DESAFIO QUE PODEMOS IGNORAR OU ACEITAR. Pode-se considerar que o encarceramento e a exclusão como forma de tratamento dos comportamentos desviantes na sociedade ocidental foram desconstruídos a partir das teorizações de Foucault em a História da Loucura escrito nos anos 60. Porém, em minha opinião, e acredito […]

Esboço

Esboço Uma idéia cruza a consciência como um raio na escuridão. É um milagre saber que o lampejo de luz referia-se a uma idéia. A escuridão absoluta absorve qualquer luz. Nenhum pensamento sobrevive consistente por mais de um milésimo de segundo. Mas eu senti. Tenho certeza que ele pensou. Ele mesmo não pode sabê-lo. Mas […]

Equipe itinerante

ATENDIMENTO DOMICILIAR TERAPÊUTICO O atendimento domiciliar terapêutico é uma atividade desenvolvida pela Equipe Itinerante da Pensão Nova Vida. São atendimentos realizados periodicamente no domicilio do usuário. Nestes encontros é avaliado como está o processo de inserção social, quais as dificuldades que se apresentam e como o usuário esta dando conta das mesmas. É um trabalho […]

Sofrimento no trabalho

Absenteísmo e trabalhador da saúde Em 2005, a Previdência Social notificou 491 mil acidentes de trabalho e doenças ocupacionais, envolvendo quase meio milhão de pessoas e 2,7 mil mortes. Estatísticas como estas fazem parte do cotidiano de muitos trabalhadores da saúde no Brasil, os quais, segundo dados do Ministério da Saúde, somam mais de 2,5 […]

Um mundo sem trabalhadores da saúde e sem sindicatos

Um mundo sem sindicatos e sem trabalhadores da saúde. Em 182O, na Inglaterra – a maior potência econômica e militar da época, o sistema de produção capitalista já havia substituído o feudalismo. Porém, aquele era um mundo sombrio em que os trabalhadores ainda não haviam se organizado. Não existiam sindicatos nem representantes dos trabalhadores. Não […]

Uma História

Uma história Pediram-me para contar minha história, mas não é apenas a minha história, é a história de muitos outros. Outros, que como eu, passaram por caminhos difíceis, áridos, com muitos percalços, mas já podem olhar para o passado e perceber que as coisas mudaram… Nasci numa família numerosa, tive seis irmãos. Meu pai trabalhava […]

Meu local de trabalho

Ambiência – Local: Pensão Nova Vida Com relação à ambiência da Pensão Nova Vida, gostaríamos de considerar os seguintes aspectos físicos:   -trata-se de um espaço físico amplo, onde é a moradia temporária de usuários da saúde mental, atualmente são oito pessoas, mas já houve vinte moradores. É também o espaço físico que sedia a […]

A ANÁLISE DE IMPLICAÇÃO COMO FERRAMENTA NA PESQUISA INTERVENÇÃO

Reflexões sobre os textos de Simone Paulon e de René Lourau. A autora Simone fundamentou com base na bibliografia disponível, especialmente o texto e as idéias de Lourau, que o contexto que delimita o ato de pesquisar é que confere o estatuto de cientificidade ao trabalho e as conclusões do trabalho de pesquisa. Destronado o […]

O sofrimento dos trabalhadores da saúde: A perspectiva de um assessor sindical

Depois das denúncias, recorrentes, de infecções hospitalares causadas por fezes de pombos e da permanência de ratos nas dependências de um Hospital de Porto Alegre, o sinal de alerta está emitindo luz vermelha nos recônditos das consciências dos cidadãos gaúchos. Atualmente (segundo o noticiário de jornal, rádio e TV) é a lotação das emergências do […]